Ação do sindicato de Franca restabelece comissão de função a funcionário do BB

27.10.2017

Mais um funcionário do Banco do Brasil, descomissionado em virtude da reestruturação implementada pela instituição neste ano, obteve através da Justiça do Trabalho o restabelecimento do pagamento de sua comissão de função. O advogado do sindicato, Dr. Antônio Carlos Saraúza, ingressou com a ação em virtude do BB suprimir a comissão do funcionário, que havia […]

Mais um funcionário do Banco do Brasil, descomissionado em virtude da reestruturação implementada pela instituição neste ano, obteve através da Justiça do Trabalho o restabelecimento do pagamento de sua comissão de função.

O advogado do sindicato, Dr. Antônio Carlos Saraúza, ingressou com a ação em virtude do BB suprimir a comissão do funcionário, que havia exercido função comissionada durante treze anos. Em sua defesa, o banco alegou que foi oferecida ao funcionário a concorrência para vagas em outras localidades e que a reestruturação institucional caracterizava justo motivo, em referência a súmula 372 do TST.

Em sua sentença, a juíza da 1ª Vara do Trabalho de Franca Dra. Andréia Alves de Oliveira Gomide, argumentou que o fechamento de agências, redução de funções e a readequação do quadro funcional não configuram justo motivo, não podendo com isso atribuir ao trabalhador a responsabilidade por um encargo que não lhe pertence.

Ainda de acordo com a magistrada “…O escopo primordial da Súmula 372 do Col. TST volta-se para manutenção da remuneração mensal do trabalhador, nos exatos termos do disposto no artigo 7º, inciso VI, da Constituição Federal, que, por sua vez, consagra o princípio da irredutibilidade salarial.”

Na sentença, a juíza ordena o restabelecimento do pagamento da comissão de função a partir de junho de 2017 num prazo de 30 dias, sob pena de multa diária de R$ 100,00 revertida ao funcionário.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Franca e Região – Rogério Marques
Foto: Agência Brasil / Divulgação

 

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados