Bancários do BB entregam pauta de reivindicações à Previ

13.07.2022

Dentre os destaques da pauta está a defesa da Previ como entidade fechada de previdência complementar gerida pelos associados A Comissão Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) entregou na última terça-feira (12) a pauta específica de reivindicações à direção da Previ, como parte das negociações da Campanha Nacional 2022. O documento foi elaborado […]

Dentre os destaques da pauta está a defesa da Previ como entidade fechada de previdência complementar gerida pelos associados

A Comissão Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) entregou na última terça-feira (12) a pauta específica de reivindicações à direção da Previ, como parte das negociações da Campanha Nacional 2022.

O documento foi elaborado coletivamente e aprovado durante o 33º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, realizado em junho. A minuta destaca a defesa da Previ como entidade fechada de previdência complementar, gerida pelos associados. De acordo com os representantes dos trabalhadores, o documento é condizente com o que foi discutido nas mesas de negociações.

“Conforme avaliou nosso diretor eleito de Seguridade da Previ, Wagner Nascimento, a reunião foi positiva. Fortalecemos a pauta já discutida nas mesas de negociação e agimos de acordo com os interesses de associadas e associados. Esse é o nosso papel e está sendo cumprindo com responsabilidade e transparência”, explica Elisa Ferreira, representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul e membro eleita do Conselho Consultivo do plano Previ Futuro.

A entrega ocorreu em formato híbrido, sendo parte presencial e parte via internet.

Destaques da minuta

A minuta de reivindicações destacou, além da defesa da Previ como entidade fechada e gerida pelos associados e associadas, os seguintes pontos:

• O fim do voto de minerva e volta da consulta ao corpo social, como era na Previ antes da intervenção imposta no governo FHC, no início dos anos 2000;

• No Previ Futuro: revisão do critério da Pontuação Individual do Participante (PIP), criação de um plano específico para contribuição paritária sobre o PLR, revisão do valor do benefício mínimo e redução da Tabela Previ para melhorar o benefício de risco;

• No Plano 1: discutir a destinação de superávit via aumento e melhoria de benefícios, debater a recomposição das reservas matemáticas, considerando os cálculos oriundos de reclamatórios trabalhistas;

• Intensificar a divulgação do Previ Família;

• Avançar para nova redução da taxa de carregamento;

• Continuar aplicando taxas mais baixas no empréstimo simples e no financiamento imobiliário;

• Conceder aos funcionários dos bancos incorporados, BESC e Economus, os mesmos benefícios do Previ Futuro.

Acesse a pauta de reivindicações, aqui.

 

Notícias Relacionadas

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Financiários cobram igualdade salarial e de oportunidades para mulheres e negros no setor

Com base em levantamento do Dieese, trabalhadores e trabalhadoras mostraram distorções salariais de gênero e raça Representantes dos financiários, no movimento sindical, se reuniram, nesta sexta-feira (12), com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), para cobrar igualdade de oportunidades no setor. O encontro faz parte das negociações da Campanha Nacional […]

Leia mais

Nota da Feeb SP/MS sobre a destituição de gerentes da Caixa Asset

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) manifesta sua profunda preocupação com a recente destituição de três gerentes da Caixa Asset, subsidiária da Caixa Econômica Federal responsável pela gestão de ativos. Esses gerentes foram removidos de seus cargos após recusarem-se a aprovar uma operação de […]

Leia mais

Sindicatos filiados