Bancários do BB entregam pauta de reivindicações à Previ

13.07.2022

Dentre os destaques da pauta está a defesa da Previ como entidade fechada de previdência complementar gerida pelos associados A Comissão Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) entregou na última terça-feira (12) a pauta específica de reivindicações à direção da Previ, como parte das negociações da Campanha Nacional 2022. O documento foi elaborado […]

Dentre os destaques da pauta está a defesa da Previ como entidade fechada de previdência complementar gerida pelos associados

A Comissão Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) entregou na última terça-feira (12) a pauta específica de reivindicações à direção da Previ, como parte das negociações da Campanha Nacional 2022.

O documento foi elaborado coletivamente e aprovado durante o 33º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, realizado em junho. A minuta destaca a defesa da Previ como entidade fechada de previdência complementar, gerida pelos associados. De acordo com os representantes dos trabalhadores, o documento é condizente com o que foi discutido nas mesas de negociações.

“Conforme avaliou nosso diretor eleito de Seguridade da Previ, Wagner Nascimento, a reunião foi positiva. Fortalecemos a pauta já discutida nas mesas de negociação e agimos de acordo com os interesses de associadas e associados. Esse é o nosso papel e está sendo cumprindo com responsabilidade e transparência”, explica Elisa Ferreira, representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul e membro eleita do Conselho Consultivo do plano Previ Futuro.

A entrega ocorreu em formato híbrido, sendo parte presencial e parte via internet.

Destaques da minuta

A minuta de reivindicações destacou, além da defesa da Previ como entidade fechada e gerida pelos associados e associadas, os seguintes pontos:

• O fim do voto de minerva e volta da consulta ao corpo social, como era na Previ antes da intervenção imposta no governo FHC, no início dos anos 2000;

• No Previ Futuro: revisão do critério da Pontuação Individual do Participante (PIP), criação de um plano específico para contribuição paritária sobre o PLR, revisão do valor do benefício mínimo e redução da Tabela Previ para melhorar o benefício de risco;

• No Plano 1: discutir a destinação de superávit via aumento e melhoria de benefícios, debater a recomposição das reservas matemáticas, considerando os cálculos oriundos de reclamatórios trabalhistas;

• Intensificar a divulgação do Previ Família;

• Avançar para nova redução da taxa de carregamento;

• Continuar aplicando taxas mais baixas no empréstimo simples e no financiamento imobiliário;

• Conceder aos funcionários dos bancos incorporados, BESC e Economus, os mesmos benefícios do Previ Futuro.

Acesse a pauta de reivindicações, aqui.

 

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados