Bancários do Itaú priorizam emprego, saúde e condições de trabalho em Encontro Nacional

15.07.2020

Propostas serão levadas para Conferência Nacional a partir da próxima sexta-feira Bancários do Itaú se reuniram nesta terça-feira, 14, em videoconferência para o Encontro Nacional. Os debates contaram com a participação de 90 bancários e 11 delegados da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Entre […]

Propostas serão levadas para Conferência Nacional a partir da próxima sexta-feira

Bancários do Itaú se reuniram nesta terça-feira, 14, em videoconferência para o Encontro Nacional. Os debates contaram com a participação de 90 bancários e 11 delegados da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Entre as propostas encaminhadas pela FEEB estão a Campanha Nacional Unificada, a renovação da CCT dos Bancários por dois anos, a prorrogação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) e de todos os acordos coletivos de trabalho até o final da Pandemia COVID 19, e a defesa do Emprego e da Democracia.

“O objetivo é criar mecanismos que garantam emprego na pandemia e pós-pandemia e se antecipar a uma grande reestruturação anunciada pelos Bancos”, explica Reginaldo Breda, secretário geral da Feeb SP/MS.

O encontro aprovou a proposta para debate na 22ª Conferência Nacional dos Bancários, a ser realizada nos próximos dias 17 e 18 de julho. Entre os pontos aprovados estão a Garantia do Emprego por meio da abertura de todas as agências fechadas durante a pandemia, a Regulamentação do Teletrabalho de acordo com as normas de saúde e segurança, e a Remuneração para o Agente de Negócios com previsão de gratificação de 50% do salário devido à sobrecarga de trabalho.

“A saúde do trabalhador do ramo financeiro é cada vez mais precarizada em decorrência da incessante busca do aumento de produtividade, ou de outra forma de lucro, que resultam em estresse, depressão, etc. Entre nossas defesas estão a implantação de programas de prevenção, de reabilitação ocupacional e de orientação à saúde para que os trabalhadores tenham condições de vida mais saudáveis”, pontua Breda.

  

Notícias Relacionadas

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

CEE Caixa realiza nova rodada de negociações focada em diversidade e igualdade de oportunidades

Além de diversidade e igualdade, foram discutidos temas como FUNCEF, escala de férias, telefone celular e escola inclusiva A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal conduziu nesta sexta-feira (19) mais uma mesa de negociação para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da instituição. O tema central da discussão […]

Leia mais

Sindicatos filiados