Banco do Brasil se mantém intransigente

11.02.2021

Comando orienta intensificação do calendário de luta A quinta-feira (10) foi marcada pela paralisação das agências e unidades de atendimento do Banco do Brasil de todo o país. Durante a greve, definida em assembleias pelo movimento sindical, o Comando Nacional se reuniu com representantes do Banco do Brasil para negociar o fim do comissionamento de […]

Comando orienta intensificação do calendário de luta

A quinta-feira (10) foi marcada pela paralisação das agências e unidades de atendimento do Banco do Brasil de todo o país. Durante a greve, definida em assembleias pelo movimento sindical, o Comando Nacional se reuniu com representantes do Banco do Brasil para negociar o fim do comissionamento de função dos caixas e o abono dos dias de paralisação em protesto contra a reestruturação do banco, que prevê 5 mil demissões, o fechamento de 112 agências, de 242 postos de atendimento e sete escritórios. Novamente o Banco se mostrou irredutível nas negociações. Com isso, o Comando Nacional orientou a intensificação das ações sindicais e tirou lista de atividades para ser debatida nas plenárias programadas para esta quinta-feira (11).

"O banco retirou ontem a gratificação dos caixas e negou as reivindicações. Diante deste contexto, reforçamos a orientação do Comando Nacional e pedimos para que todos intensifiquem os movimentos em protesto às decisões que afetam diretamente milhares de famílias e brasileiros em um período crítico no qual o país passa", disse Jeferson Boava, presidente da Federação dos Bancários dos Estados de SP e MS.

Intensificação do movimento

Após a reunião com o banco, o Comando e a Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) permaneceram reunidos e definiram uma série de ações a serem organizadas nas plenárias que serão realizadas nesta quinta-feira (11) por sindicatos de todo o país. Hoje também ocorrerá um tuitaço a partir das 11h.

Vale destacar que a Feeb já ingressou com três ações judiciais contra o Banco do Brasil, com o objetivo de minimizar os efeitos da reestruturação, sendo: Ação de incorporação da gratificação de função dos descomissionados; Ação de vedação das remoções compulsórias para outra praça: e Ação de manutenção do plano plus aos egressos do bcn, contribuindo integralmente ( parte empregado e empregador).

As plenárias da Feeb foram programadas para a próxima quarta-feira, 17 de fevereiro.

Mobilização
O Comando tirou propostas indicativas que deverão ser debatidas e organizadas em plenários dos funcionários nesta quinta-feira, mas já definiu um grande tuitaço para às 11h com o uso das hashtags #BBParado e #MeuBBValeMais. “A ampla participação dos sindicatos é fundamental para colocarmos o assunto entre os mais comentados do país", explica Elisa Ferreira, representante da Feeb na CEBB.

Confira o calendário de luta: 
11/2 – 11h – Tuitaço #BBParado e #MeuBBValeMais
17/2 – Plenária Feeb SP/MS – Acesso aqui. 

19/2 – Reunião de avaliação do Comando

Demais ações nacionais:

Manutenção do Estado de Greve;
Ações judiciais de incorporação da gratificação de função dos descomissionados;
Ações judiciais de vedação das remoções compulsórias para outra praça;
Ações judiciais de direito de manutenção do plano plus aos egressos do bcn, contribuindo integralmente ( parte empregado e empregador)– Contato com parlamentares, prefeitos e governadores;
 

Notícias Relacionadas

Eleição Caref BB: Kelly Quirino recebe mais de 60% dos votos

Resultado ainda é preliminar, os números finais serão divulgados no dia 8 de fevereiro pela Comissão Eleitoral Kelly Quirino recebeu 60,70% dos votos para Caref BB no primeiro turno para o cargo que representará os funcionários no Conselho de Administração (CA) do Banco do Brasil, nos próximos dois anos. Com mais da metade dos votos, […]

Leia mais

O pioneirismo na luta pela previdência do trabalhador

Acompanhamos nesta semana a repercussão do Centenário da Previdência Social, completado no dia 24 de janeiro, mesmo dia em que é celebrado o Dia Nacional do aposentado. É fato que a criação da Lei Eloy Chaves, em 1923, foi imprescindível para o estabelecimento das bases do Sistema Previdenciário Brasileiro e o surgimento das Caixas de […]

Leia mais

24 de janeiro de 2023, Centenário da Previdência Social

O dia 24 de janeiro de 2023 marca o centenário da Previdência Social do Brasil, um conjunto de benefícios que teve como base a criação da Lei Eloy Chaves, em 1923. A medida estabeleceu as bases do Sistema Previdenciário Brasileiro ao criar as Caixas de Aposentadorias e Pensões (CAP), na época, destinada apenas aos empregados […]

Leia mais

Sindicatos filiados