BB adota prática antissindical: viola acordo, muda regra sobre dias da greve

18.10.2012

O Banco do Brasil editou um normativo interno em que viola a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria no que se refere a compensação dos dias da greve de setembro. Em ofício ao BB, enviado hoje (18/10), a Contraf-CUT critica a medida e cobra alterações na norma, visando adequação à CCT. O item 4.5.4 […]

O Banco do Brasil editou um normativo interno em que viola a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria no que se refere a compensação dos dias da greve de setembro. Em ofício ao BB, enviado hoje (18/10), a Contraf-CUT critica a medida e cobra alterações na norma, visando adequação à CCT.

O item 4.5.4 do Normativo Interno nº 361 contraria a cláusula 57ª da Convenção, que diz: “Os dias não trabalhados entre 18 de setembro de 2012 e 26 de setembro de 2012, por motivo de paralisação, não serão descontados e serão compensados, com a prestação de jornada suplementar de trabalho no período compreendido entre a data da assinatura desta Convenção Coletiva de Trabalho até 15 de dezembro de 2012, e, por consequência, não será considerada como jornada extraordinária, nos termos da lei.”. Já o citado item do Normativo diz: "os afastamentos abonados previstos até 15/12/2012 (abonos, férias, licença-prêmio) deverão ser reavaliados, priorizando o pagamento do saldo das horas referente aos dias não trabalhados".

Para o secretário-geral da Feeb-SP/MS e integrante da Comissão de Empresa dos Funcionários (CEE), Jeferson Boava, “a mudança anunciada pelo BB configura prática antissindical, viola o processo de negociação e descumpre os termos acordados e homologados da CCT. Sem falar que a revisão de abonos, férias, licença-prêmio, entre outros pontos, deixa claro que o Banco quer punir quem exerceu o direito de greve, exerceu um direito constitucional. É urgente a revisão do Normativo e não dos afastamentos abonados”. Jeferson conclama os funcionários a denunciarem qualquer tipo de abuso, principalmente os relacionados à compensação dos dias da greve.

Notícias Relacionadas

Eleições Economus – Ainda dá tempo de votar!

Passamos da metade do período do pleito, que vai eleger dois membros ao conselho deliberativo e um membro ao conselho fiscal do Economus. Até esta sexta-feira (19), 28% dos eleitores haviam exercido o direito ao voto. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS) e seus sindicatos […]

Leia mais

Banco do Brasil aprova atualização da Tabela PIP para beneficiar trabalhadores do Previ Futuro

Mudança na Pontuação Individual do Participante permite aumento na contribuição adicional e soma mais recursos para a aposentadoria, atendendo a antiga reivindicação dos funcionários O Banco do Brasil aprovou as mudanças na Tabela PIP (Pontuação Individual do Participante), uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que permitirá aumentar a contribuição adicional para a aposentadoria. O anúncio foi […]

Leia mais

Eleições da Funcef: votação segue até sexta-feira (19)

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora Teve início nesta terça-feira (16), a votação para as Eleições Funcef. Participantes dos planos de previdência da Funcef podem votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, […]

Leia mais

Sindicatos filiados