BB apresenta reestruturação do setor público e se recusa a negociar

27.12.2021

Decisões por parte dos funcionários implicam em mudanças de cidades e alterações nos salários A Comissão de Empresa do Banco do Brasil (CEBB) se reuniu no último dia 22 com o Banco para tratar sobre condições de trabalho. A reunião ocorreu de modo virtual e foi solicitada pela própria comissão. Durante o encontro o Banco […]

Decisões por parte dos funcionários implicam em mudanças de cidades e alterações nos salários

A Comissão de Empresa do Banco do Brasil (CEBB) se reuniu no último dia 22 com o Banco para tratar sobre condições de trabalho. A reunião ocorreu de modo virtual e foi solicitada pela própria comissão. Durante o encontro o Banco apresentou o projeto de reestruturação do chamado Setor Público/Governo e deixou claro que nada será negociado com os representantes dos funcionários.

De acordo com a representante da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Elisa Ferreira, o posicionamento reforça mais uma vez o desrespeito do banco para com os funcionários. “O que presenciamos foi mais um ato de desrespeito, onde o banco apresenta uma reestruturação de forma intempestiva, onde funcionários se veem com um prazo de uma semana para tomar decisões que implicam mudança de cidade, de remuneração, enfim, decisões que abalam profundamente sua vida. E, novamente, o banco se nega a negociar”, diz.

Entre as mudanças previstas na reestruturação estão: redução de vagas de cargos comissionados, entre eles, gerência média, assistente negocial e operacional, em várias dependências instaladas no país, incluindo o interior do Estado de São Paulo. Também está prevista a criação do Setor Público Digital, que inclui novos cargos de gerência média com remuneração menor, atendimento somente digital (sem presencial) e centralizado em algumas capitais.

 

 

 

 

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados