BB: novas plataformas devem gerar movimentação de 500 funcionários

16.08.2023

Movimento sindical acompanhará todo processo para que não haja prejuízo às funcionárias e aos funcionários O Banco do Brasil confirmou ontem (16), a criação de novas plataformas de Centrais de Relacionamento (CRBBs) e de Centros de Apoio aos Negócios e Operações de Logística (CENOPs). As informações foram apresentadas à Comissão de Empresa dos Funcionários do […]

Movimento sindical acompanhará todo processo para que não haja prejuízo às funcionárias e aos funcionários

O Banco do Brasil confirmou ontem (16), a criação de novas plataformas de Centrais de Relacionamento (CRBBs) e de Centros de Apoio aos Negócios e Operações de Logística (CENOPs). As informações foram apresentadas à Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB).

Ao todo, serão 14 novas unidades (12 CENOPs e 2 CRBBs), localizadas em médias e pequenas cidades. O movimento sindical questionou sobre o impacto que a criação dessas plataformas vão gerar, devida à dinâmica de movimentação de cargos dentro da empresa. Soluções para demandas relacionadas à alta quantidade de claros [termo para vagas não ocupadas] nos prefixos e a proteção dos funcionários que são caixas também foram solicitadas.

De acordo com o banco, a criação das 14 plataformas, até novembro, irá gerar cerca de 300 vagas de assistentes e atendentes, nas CENOPs e nos CRRBs, e outras 200 vagas para assessor III, nas unidades estratégicas em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

Impactos no encarreiramento

Os funcionários que hoje exercem ou recebem a remuneração de caixa executivo e que forem do mesmo município onde serão criadas as plataformas, terão, no período de 30 dias, exclusividade para concorrer às vagas nos novos CENOPs e CRBBs.

O banco declarou ainda que a movimentação não causará impacto na vida do trabalhador que não se candidatar ao certame interno, tampouco haverá transferências compulsórias para preenchimento das vagas.

Em paralelo, o banco anunciou também que, ainda no mês de agosto, ocorrerá a abertura do Sistema Automático de Concorrência à Remoção (SACR) e o início da convocação das pessoas que passaram no último concurso, realizado pelo banco em abril.

Com o SACR, funcionários que querem mudar de prefixo, terão a oportunidade de se movimentar para outras cidades ou regiões do país. Além disso, no prazo de 30 dias, os trabalhadores de três cargos – caixas executivos, assistentes e atendentes -, terão prioridade para concorrer às vagas de assessor III nas unidades estratégicas em Brasília.

Em reunião com o banco, os representantes dos bancários ressaltaram, ainda, a necessidade da abertura de muitas vagas para atender a demanda de trabalho dos departamentos e unidades de negócio com claros. De acordo com os representantes, o último concurso não insuficiente para suprir as vagas abertas.

A empresa destacou que acontecerão ajustes pontuais nas dotações de escriturários das agências, pela impostação de concorrência do SACR. E, com o objetivo de priorizar a participação dos escriturários que adentraram na empresa no último concurso, o BB irá flexibilizar o tempo de carência de 18 para 12 meses na função, bem como para as dependências que têm até 10% de vagas faltantes.

Reflexos negativos

Entenda:

  • Até novembro, 14 novas plataformas especializadas serão criadas: 12 CENOPs e 2 CRBBs;
    •             As plataformas serão implantadas em pequenas e médias cidades, de três regiões do país;
    •             Funcionários que hoje exercem ou recebem a remuneração de caixa executivo e que forem do mesmo município terão, durante 30 dias, prioridade na concorrência das vagas nas novas CENOPs e CRBBs;
    •             Além disso, durante 30 dias, caixas executivos, assistentes e atendentes terão prioridade para concorrer às vagas de assessor III nas unidades estratégicas;
    •             Também foi anunciado que, ainda em agosto, ocorrerá a abertura do SACR, por meio do qual funcionários poderão se inscrever para vagas em outros prefixos;
    •             O banco também promete convocar pessoas que passaram no último concurso, realizado em abril.
    •             O movimento sindical irá acompanhar toda essa movimentação para que não haja prejuízo às funcionárias e aos funcionários.

Confira as cidades que receberão as plataformas de Centrais de Relacionamento (CRBBs) e de Centros de Apoio aos Negócios e Operações de Logística (CENOPs).

Contraf Cut, com edição Feeb SP/MS.

Notícias Relacionadas

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Financiários cobram igualdade salarial e de oportunidades para mulheres e negros no setor

Com base em levantamento do Dieese, trabalhadores e trabalhadoras mostraram distorções salariais de gênero e raça Representantes dos financiários, no movimento sindical, se reuniram, nesta sexta-feira (12), com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), para cobrar igualdade de oportunidades no setor. O encontro faz parte das negociações da Campanha Nacional […]

Leia mais

Nota da Feeb SP/MS sobre a destituição de gerentes da Caixa Asset

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) manifesta sua profunda preocupação com a recente destituição de três gerentes da Caixa Asset, subsidiária da Caixa Econômica Federal responsável pela gestão de ativos. Esses gerentes foram removidos de seus cargos após recusarem-se a aprovar uma operação de […]

Leia mais

Sindicatos filiados