BB paga promoção de 3% sobre VCPI dos incorporados da Nossa Caixa

23.10.2012

Finalmente o Banco do Brasil pagou na folha deste mês de outubro, a promoção de 3% de interstício por antiguidade sobre o VCPI (Verba de Caráter Pessoal dos Incorporados) dos funcionários da ex-Nossa Caixa, retroativo à março deste ano. Prometido para o dia 20 de abril, durante rodada de negociação realizada no dia 20 de […]

Finalmente o Banco do Brasil pagou na folha deste mês de outubro, a promoção de 3% de interstício por antiguidade sobre o VCPI (Verba de Caráter Pessoal dos Incorporados) dos funcionários da ex-Nossa Caixa, retroativo à março deste ano. Prometido para o dia 20 de abril, durante rodada de negociação realizada no dia 20 de março, também prometido para o dia 20 de agosto último, o BB enrolou sete meses para cumprir seu próprio Plano de Carreiras e Remuneração (PCR); ou seja, pagar o interstício por antiguidade sobre o VCPI. A única promoção paga na data anunciada foi referente a 3% sobre o VP (Vencimento Padrão).

“A promoção de 3% paga agora, cabe lembrar, foi aplicada apenas sobre o VCPI de VP (sem inclusão dos anuênios) dos funcionários que fizeram adesão ao plano de carreira do BB logo no começo do processo de incorporação da ex-Nossa Caixa, em dezembro de 2009”, esclarece o secretário-geral da Federação dos Bancários de SP e MS e integrante da Comissão de Empresa dos Funcionários, Jeferson Boava. Segundo ele, a demora em regularizar, em cumprir o PCR, configura “desrespeito ao corpo funcional oriundo da ex-Nossa Caixa. Finalmente está pago, mas repudiamos mais uma vez a demora, a enrolação”.

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados