BB passa Itaú em ranking de maiores bancos do mundo

02.07.2013

LONDRES – O Banco do Brasil (BB) ganhou três posições em um ano e atualmente é o 36.º maior banco do mundo, conforme o ranking de 2013 produzido pela revista britânica "The Banker". Em tendência contrária, os dois maiores concorrentes privados, Itaú Unibanco e Bradesco, perderam posições e caíram para 39º e 42º lugares da […]

LONDRES – O Banco do Brasil (BB) ganhou três posições em um ano e atualmente é o 36.º maior banco do mundo, conforme o ranking de 2013 produzido pela revista britânica "The Banker". Em tendência contrária, os dois maiores concorrentes privados, Itaú Unibanco e Bradesco, perderam posições e caíram para 39º e 42º lugares da lista, respectivamente. Com isso, o BB passa a ser a instituição financeira brasileira mais bem colocada nesse estudo.

O ranking da revista britânica leva em conta os números de 2012 do total do chamado capital de nível 1 dos bancos – parcela do capital de melhor qualidade formado especialmente por ações, tanto ordinárias como preferenciais. Por esse critério, o capital do BB cresceu 12,3% em um ano, para US$ 36,301 bilhões. Com esse capital, a casa avançou do 39º lugar no ranking de 2012 para o 36º posto em 2013, ficando entre o francês Credit Mutuel (35º) e o alemão Commerzbank (37º).

A pesquisa mostra ainda que o Itaú Unibanco registrou queda do capital de nível 1 de 7,9% em um ano, para US$ 35,176 bilhões. Com isso, a casa que era líder entre os brasileiros em 2012 recuou da 33º posição para o 39º lugar, sendo ultrapassada pelo BB. No caso do Bradesco, o capital aumentou 3,3% no ano, para US$ 32,337 bilhões. Mesmo assim, o aumento não foi capaz de impedir a queda da instituição, que passou de 40º para 42º no ranking dos maiores do mundo.

Ativos

A pesquisa mostrou ainda o ranking dos bancos pelo critério de volume de ativos. Com esse corte, o BB também lidera entre os brasileiros, com US$ 554,962 bilhões, valor que cresceu 7,6% em um ano e colocou a instituição financeira federal como a 43ª maior em ativos do mundo. No 46º posto global desse ranking, está o Itaú Unibanco, com US$ 495,566 bilhões em ativos, montante que cresceu 13,6% em um ano. Já o Bradesco ocupa do 48º posto, com US$ 391,395 bilhões em ativos.

Fonte: O Estado de S.Paulo

Notícias Relacionadas

Financiários começam a debater cláusulas econômicas

Representantes dos trabalhadores defenderam índices reivindicados na pauta entregue no começo da Campanha Nacional O Coletivo Nacional dos Financiários realizou mais uma rodada de negociações da Campanha Nacional 2024 com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), na manhã desta terça-feira (23), em São Paulo. Este foi o primeiro encontro que […]

Leia mais

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

Sindicatos filiados