BB segue Fenaban e não apresenta proposta global

30.08.2016

A reunião de devolutiva do BB em relação às reivindicações apresentadas pelos representantes dos trabalhadores ocorrida na manhã desta terça-feira (30), na sede administrativa do banco em São Paulo, foi marcada novamente pela frustração. O banco, além de negar as reivindicações dos trabalhadores, não apresentou qualquer proposta. O Banco do Brasil, durante sua explanação apresentou […]


A reunião de devolutiva do BB em relação às reivindicações apresentadas pelos representantes dos trabalhadores ocorrida na manhã desta terça-feira (30), na sede administrativa do banco em São Paulo, foi marcada novamente pela frustração. O banco, além de negar as reivindicações dos trabalhadores, não apresentou qualquer proposta.

O Banco do Brasil, durante sua explanação apresentou uma lista reivindicações que “não poderão serão atendidas”, juntamente, com aquelas que ainda estão em “estudo” e que, portanto, não haveria resposta imediata, evidenciando a irresponsabilidade e desrespeito do banco para com o conjunto de seus trabalhadores.

Foram apresentadas as seguinte recusas: da incorporação dos escriturários no PCR e tendo como consequência o não pagamento do mérito, adoção do índice de 6% nas faixas da carreira de antiguidade, para novas contratações e pagamento de Verba de Caráter Pessoal (VCP) para funcionários envolvidos em processos de reestruturação, além da adoção na NR-17 (Norma Regulamentadora 17) para trabalhadores das agências digitais do BB, que prevê, entre outras coisas, pausa de 10 minutos a cada 50 minutos trabalhados para quem atua com atendimento telefônico. Recusou ainda, a instalação de mesas temáticas para discutir Economus e carreiras técnicas, que estão entre os temas classificados pela diretoria do BB como “assuntos não passíveis de negociação no momento”.
Manutenção dos vales alimentação e refeição para os funcionários em licença maternidade ou em licença saúde, são um exemplo das reivindicações que ainda estão sendo estudadas pelo banco, mas depende de posicionamento da mesa da Fenaban, assim como, reclassificação de faltas greve e remuneração do gerente de relacionamento. O Banco do Brasil concordou, com a instalação de duas mesas temáticas: uma sobre saúde e a outra, sobre prevenção de conflitos.

“A direção do banco frustra o conjunto dos funcionários quando vem para a mesa de negociação e não apresenta proposta global e se limita a apresentar um festival de negativas, sem atender nenhum ponto de interesse das reivindicações do funcionalismo, como a discussão da atual situação do Economus em mesa específica, da implantação do BB digital, dentre outras questões, que iremos insistir no debate”, avalia Jeferson Boava, vice-presidente da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS).

 

Notícias Relacionadas

Caixa terá processo seletivo para a escolha dos diretores da FUNCEF

Inscrições já foram iniciadas e seguem até a próxima quinta-feira (9/2) Os cargos de diretor-presidente e diretor de Investimentos e Participações Societárias e Imobiliárias da Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF) serão escolhidos por meio de processo seletivo. O anúncio foi feito em edital publicado pela Caixa. As inscrições tiveram início na última sexta-feira (3/2) e […]

Leia mais

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Sindicatos filiados