Bradesco se compromete a solucionar caso de assédio moral em Piracicaba

23.08.2013

Em reunião realizada no final da tarde desta quinta-feira, 22, na sede do SINDBAN (Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região), representantes da Regional do Bradesco em Piracicaba se comprometeram a solucionar o problema de assédio moral que vem ocorrendo na agência do Banco na Vila Paulista. Estiveram presentes na reunião o gerente Regional do […]

Em reunião realizada no final da tarde desta quinta-feira, 22, na sede do SINDBAN (Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região), representantes da Regional do Bradesco em Piracicaba se comprometeram a solucionar o problema de assédio moral que vem ocorrendo na agência do Banco na Vila Paulista. Estiveram presentes na reunião o gerente Regional do Bradesco, Luis Francisco da Silva Junior, e o assessor da Regional, Matheus Corrêa de Oliveira.

O presidente do SINDBAN, José Antonio Fernandes Paiva, intermediou a conversa com os diretores e explicou o que vem acontecendo na agência. As reclamações por parte dos funcionários e também dos clientes. “Foi um momento oportuno, pois o Regional veio até o Sindicato para uma conversa e ouviu todos os dados técnicos repassados quanto ao problema que vem se arrastando na agência”, afirmou. Paiva acrescentou ainda que o gerente Regional recebeu com preocupação as reclamações e se comprometeu em solucionar o caso, fazendo com que o gerente acusado de assediador procure ajuda e os funcionários possam trabalhar com dignidade.

Luis Francisco afirmou estar surpreso com as denúncias, mas afirmou que vai se reunir com a diretoria e o RH da empresa e repassar a posição do Sindicato quanto as denúncias, e com o profissional que está sendo acusado de assédio para que o mesmo aceite o problema e um tratamento.

CASO – Após diretores, funcionários e assessores do SINDBAN realizarem um manifesto em frente à agência da Paulista, na manhã desta quinta, a regional do Bradesco abriu um canal para negociação e uma reunião entre diretoria do Sindicato e a Regional foi marcada para o período da tarde. A solicitação da diretoria do Sindicato era que o gerente fosse transferido para outra agência, porém, que ele passe por tratamento psicológico ou por uma assistente social antes para que o problema não seja transferido para outra agência.

Michelle Bottin – SINDBAN 

Notícias Relacionadas

Conferência Interestadual aprova eixos para Conferência Nacional de 2024

Sindicatos dos Bancários debateram propostas e aprovaram pautas em defesa do trabalhador. Documento será apresentado em Conferência Nacional para discussão na Campanha Salarial de 2024 Delegações de 21 regionais dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reuniram nesta quinta e sexta-feira, 11 e 12 de abril, para debater propostas que serão […]

Leia mais

Abertura da Conferência Interestadual da Feeb SP/MS conta com delegações de 21 regionais

  Primeiro dia de evento amplia visão sobre o futuro do Sistema Financeiro, Cenário Econômico Nacional e Avanço Tecnológico  A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) abriu nesta quinta-feira (11) a Conferência Interestadual dos Bancários de 2024. O tema central do evento deste ano é “Categoria […]

Leia mais

Proposta da Caixa para PcD é frustrante

Contudo, houve definição sobre pagamento dos deltas da promoção por mérito A proposta da Caixa Econômica Federal sobre redução de jornada e priorização de empregadas e empregados PcD, ou que tenham filhos de até seis anos com deficiência, frustrou a representação dos trabalhadores. “Na proposta do banco, somente há possibilidade de redução da jornada com […]

Leia mais

Sindicatos filiados