Caixa Econômica lucra R$ 838 milhões no 1º trimestre; queda de 45,9%

09.05.2016

  A Caixa Econômica Federal registrou lucro de R$ 838 milhões no primeiro trimestre, de acordo com o balanço financeiro divulgado nesta segunda-feira (9). O montante representa queda de 45,9% na comparação com o mesmo período do ano passado. O índice de inadimplência caiu 0,04 ponto percentual e ficou em 3,51%, abaixo da média de […]

 

A Caixa Econômica Federal registrou lucro de R$ 838 milhões no primeiro trimestre, de acordo com o balanço financeiro divulgado nesta segunda-feira (9). O montante representa queda de 45,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O índice de inadimplência caiu 0,04 ponto percentual e ficou em 3,51%, abaixo da média de mercado, que é de 3,55%. As despesas com provisão para crédito de liquidação duvidosa apresentaram recuo de 24,2% em 12 meses e 3,6% no comparativo ao trimestre anterior, totalizando R$ 3,8 bilhões.
As operações comerciais com pessoas físicas e jurídicas acumularam R$ 198,1 bilhões, alta de 3% em 12 meses.
Montante representa queda de 45,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Já a captação geral da instituição teve saldo de R$ 921,1 bilhões nos primeiros três meses. A alta foi de 8,2% em 12 meses. O volume é suficiente para cobrir 134,6% da carteira de crédito. Esse resultado positivo foi influenciado pelos acréscimos de 18,3% no CDB (Certificado de Depósito Bancário), 14,8% nas letras de crédito imobiliárias, 10,9% nas emissões internacionais e 14,9% em Empréstimos e Repasses.

O número de clientes cresceu na comparação com os últimos 12 meses. Em março de 2016, o número de correntistas e poupadores somaram 83,5 milhões, representando, assim, avanço de 4,6%. Desse total, 81,2 milhões são pessoas físicas e 2,3 milhões, pessoas jurídicas.

Fonte: Jornal do Brasil

Leia também

03/05/2016
HSBC tem prejuízo ajustado de US$ 89 mi no 1º trimestre
03/05/2016
Itaú Unibanco lucra R$ 5,2 bilhões no primeiro trimestre
28/04/2016
Bradesco tem lucro de R$ 4,121 bilhões no 1º trimestre
27/04/2016
Santander Brasil tem lucro de R$ 1,66 bilhão no 1º trimestre de 2016

 

Notícias Relacionadas

CEBB negocia com o banco cláusulas econômicas e representação sindical

Ao término da negociação, bancários leram manifesto pela democracia Bancários do Banco do Brasil se reuniram nesta sexta-feira (12) com o banco para mais uma negociação da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do Banco do Brasil e do aditivo à […]

Leia mais

Federação dos Bancários orienta Sindicatos para realização de lives na próxima semana

Objetivo é promover o dialogo com a categoria e fortalecer pautas de luta na Campanha Nacional Conforme orientação do Comando Nacional, todo o movimento sindical deve dialogar com a categoria na próxima semana. A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, reforça o pedido para os seus 23 sindicatos filiados, para […]

Leia mais

Negociações entre COE Santander e banco avançam

Esforço dos sindicatos foi fundamental para o avanço de pautas especificas para mulheres Nesta sexta-feira (12), representantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander se reuniu com o banco para dar continuidade às negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, que tem por objetivo a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico […]

Leia mais

Sindicatos filiados