Caixa Federal atualiza protocolo de saúde

03.07.2020

A Caixa Federal anunciou nesta semana, 01/07, mudanças no Protocolo do Gestor do banco. Entre as atualizações estão, diretrizes para prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19 em ambiente de trabalho. O Banco reviu ainda, a conduta em relação aos casos suspeitos e confirmados da doença e às pessoas que mantiveram contato […]

A Caixa Federal anunciou nesta semana, 01/07, mudanças no Protocolo do Gestor do banco. Entre as atualizações estão, diretrizes para prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19 em ambiente de trabalho. O Banco reviu ainda, a conduta em relação aos casos suspeitos e confirmados da doença e às pessoas que mantiveram contato com adoecidos, retornando o afastamento para 14 dias.

O novo protocolo, em sua quarta versão, inclui condutas não previstas no anterior, como “empregado que teve contato com caso confirmado da Covid-19, durante mais de 15 minutos a menos de um metro de distância” fez exame e mesmo com resultado negativo, naquele momento, será colocado em projeto remoto para verificar se apresentará algum sintoma. Outro ponto importante no novo protocolo é a ampliação dos atestados contendo CID ligado à Covid-19 (CID B34.2 – B97.2 – U07.1 – U07.2), SRAG ou expressão “suspeito de Covid-19″.

Também teve avanço com relação aos testes, também reivindicados pelos sindicatos. O empregado que tiver contato com caso confirmado da Covid-19, durante mais de 15 minutos a menos de um metro de distância, será direcionado para realização de Exame Laboratorial para afastar a hipótese de contaminação. Caberá a unidade checar com a área de Pessoas se existe fornecedor habilitado na região para realizar a testagem.

"Foram mudanças significativas, resultados das reivindicações defendidas pelos sindicatos. É importante permanecermos unidos e focados no bem-estar e saúde dos bancários", destaca o presidente da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Jeferson Boava. 

Notícias Relacionadas

Financiários exigem fim de terceirizações e formalização do teletrabalho no setor

Movimento sindical também denunciou o aumento de contratações de correspondentes bancários, repassando os serviços para empresas que não cobrem os mesmos direitos reivindicados pela categoria Representantes dos trabalhadores financiários realizaram, nesta terça-feira (16), mais uma rodada da mesa de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), desta vez, para […]

Leia mais

COE Santander reitera defesa dos direitos dos empregados durante negociação com o banco

A garantia do emprego foi um dos principais temas reivindicados A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander deu início às negociações do acordo específico com o banco, na tarde desta terça-feira (16). A defesa dos direitos dos trabalhadores e a garantia do empregos foram os principais temas debatidos. O movimento sindical cobrou o […]

Leia mais

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Sindicatos filiados