Câmara de vereadores de Americana debate o papel dos bancos públicos

23.10.2017

A Câmara de Vereadores de Americana realizou audiência para debater o papel dos bancos públicos, no último dia 20. Proposta pelo vereador Odir Demarchi (PR), vice-presidente da Câmara, a pedido da diretoria do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, a audiência integra a Campanha Nacional em Defesa das Empresas Públicas, intitulada “se é público, […]

A Câmara de Vereadores de Americana realizou audiência para debater o papel dos bancos públicos, no último dia 20. Proposta pelo vereador Odir Demarchi (PR), vice-presidente da Câmara, a pedido da diretoria do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, a audiência integra a Campanha Nacional em Defesa das Empresas Públicas, intitulada “se é público, é para todos”.

Todos os debatedores defenderam os bancos públicos como agentes de fomento ao crédito e às políticas sociais. O vereador Odir Demarchi disse que “não podemos ficar sem os bancos públicos, que financiam obras de infraestrutura, habitação, acesso à faculdade, dentre outros programas sociais”. A presidente do Sindicato, Stela, destacou o papel organizativo da audiência. “Estamos aqui hoje construindo a mobilização junto com a sociedade em defesa do patrimônio público”. O diretor regional, responsável pela subsede do Sindicato em Americana, José Carlos Leite, afirmou que “os bancos públicos vivem, no momento, processos de reestruturação. As medidas do governo federal visam o desmonte, o sucateamento”. Entre essas medidas, cabe destacar, está a transformação da Caixa Federal em uma empresa S/A.

Contra a privatização

A mobilização nacional em defesa das empresas públicas é para denunciar que o pacote de privatização lançado recentemente pelo presidente da República, Michel Temer, atende tão somente os interesses do capital privado; visa cobrir o rombo anual da União, cumprir a meta de deficit. O governo federal pretende vender em

presas do Grupo Eletrobras, Casa da Moeda e fatia da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária). O que exige resistência.
Audiências em defesa dos bancos públicos em Paulínia e Mogi Guaçu

Paulínia

No dia 23 (segunda-feira), às 19h, na Câmara de Vereadores (Rua Carlos Pazeti, 290, Jardim Boa Esperança). Audiência proposta pelo vereador Danilo Barros (PR), a pedido do Sindicato.

Mogi Guaçu

No dia 31 (terça-feira), às 19h, na Câmara de Vereadores de Mogi Guaçu (Rua José Colombo, 235, Loteamento Morro do Ouro). Audiência proposta pelo vereador e presidente da Câmara, Luís Zanco Neto (PTC), a pedido do Sindicato.

Campinas

A primeira audiência em defesa dos bancos públicos aconteceu no último dia 21 de setembro, na Câmara dos Vereadores de Campinas. Audiência proposta pelo vereador Paulo Haddad (PPS), a pedido do Sindicato.

Fonte: Seeb Campinas – Jairo Gimenez
Foto: Júlio César Costa

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados