Campanha Nacional dos Bancários tem início nesta quarta-feira (22)

22.06.2022

Aumento real, aumento maior no VA e no VR, saúde e condições de trabalho estão entre os principais pontos de reivindicações Após a entrega da minuta de reivindicações da categoria, ocorrida no dia 15 de junho, as reuniões de negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022 começam nesta quarta-feira (22). A pauta de reivindicações foi definida na […]

Aumento real, aumento maior no VA e no VR, saúde e condições de trabalho estão entre os principais pontos de reivindicações

Após a entrega da minuta de reivindicações da categoria, ocorrida no dia 15 de junho, as reuniões de negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022 começam nesta quarta-feira (22).

A pauta de reivindicações foi definida na 24ª Conferência Nacional dos Bancários, ocorrida entre os dias 10 e 12 de junho, e aprovada em assembleias realizadas por sindicatos de todo o país nos dias 13 e 14 de junho. Entre as principais reivindicações estão o aumento real de 5% (INPC +5%); aumento maior para os vales refeição e alimentação; e questões relacionadas à saúde, como, por exemplo, o acompanhamento dos bancários com sequelas da Covid-19.

O principal objetivo das negociações é renovar a Convenção Coletiva de Trabalho, que garante os direitos à categoria desde 1992. “Hoje faremos uma negociação para cobrar pendências e tudo aquilo que os bancos não estão cumprindo”, destaca o secretário geral da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Reginaldo Breda.

“É muito importante a mobilização de todos os sindicatos, tendo em vista a data-base da categoria que é 1º de setembro e a reforma trabalhista, que coloca fim à ultratividade, ou seja, a manutenção dos direitos da atual Convenção Coletiva de Trabalho até que se assine um novo acordo”, explica o secretário geral.

Reivindicações

Na pauta definida pela categoria destacam-se a reposição salarial e nas demais verbas com base na inflação do período entre 1º de setembro de 2021 e 31 de agosto de 2022 (INPC) mais 5% de aumento real. Veja outras reivindicações:

  • Aumento maior para o VR e VA;
  • Garantia dos empregos
  • Manutenção da regra da PLR, atualizada pelo índice de reajuste;
  • Fim das metas abusivas;
  • Combate ao assédio moral;
  • Acompanhamento e tratamento de bancários com sequelas da Covid-19.

Confira o Calendário de Negociações:

Junho:
22 e 27/6

Julho:
6, 22 e 28/7

Agosto:
1, 3, 8, 11, 15, 18, 19, 20, 22, 23, 24, 25, 26 e 27/8

Notícias Relacionadas

BB prioriza diversidade na expansão das Gepes

Mulheres, negros, indígenas e PcDs terão prioridade no programa que irá dobrar a rede de Gestão de Pessoas O Banco do Brasil anunciou, nesta quarta-feira (21), um programa de expansão da rede de Gestão de Pessoas (Gepes). Durante a reunião com membros da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o banco […]

Leia mais

COE do Bradesco discute reestruturação no banco

 Sindicato expressa preocupação com direção futura da instituição financeira A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu na última terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, para discutir a reestruturação anunciada pelo novo presidente do banco, Marcelo Noronha, em 7 de fevereiro, sem […]

Leia mais

Sindicato dos Bancários de Campinas completa 70 anos e receberá homenagem na Câmara da cidade

Sessão solene na Câmara de Vereadores será realizada nesta quinta-feira (22). Evento terá exposição de fotos históricas das lutas da entidade O plenário da Câmara dos Vereadores de Campinas realizará, nesta quinta-feira (22), uma sessão solene em homenagem aos 70 anos de fundação do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, cuja data de fundação foi 27 […]

Leia mais

Sindicatos filiados