Campanha Salarial 2011

09.11.2020

  Sindicato dos bancários debate campanha salarial em Americana e Amparo   Quinta-feira, dia 8, debate será em Mogi Guaçu e São João   O Sindicato dos Bancários de Campinas e Região debateu a Campanha Salarial hoje (6/9) de manhã, simultaneamente, com os bancários de Americana e Amparo. Para viabilizar o debate, a diretoria do […]

 

Sindicato dos bancários debate campanha
salarial em Americana e Amparo
 
Quinta-feira, dia 8, debate será em Mogi Guaçu e São João
 
O Sindicato dos Bancários de Campinas e Região debateu a Campanha Salarial hoje (6/9) de manhã, simultaneamente, com os bancários de Americana e Amparo. Para viabilizar o debate, a diretoria do Sindicato se dividiu em dois grupos. Em Americana, a discussão aconteceu na Praça Basílio Rangel, às 10h, onde os dirigentes sindicais distribuiram o manifesto intitulado: “Categoria bancária defende um Sistema Financeiro Cidadão e emprego decente”. Após a abertura das agências, às 11h, o manifesto foi distribuído aos bancários da região central da cidade. Nos intervalos das discussões, música ao vivo com a dupla Cleiton e Elias da banda JE.
Em Amparo, no mesmo horário, o debate foi realizado em frente à agência do Itaú, na Rua 13 de Maio. Encerrado o debate e a manifestação contra a postura da Fenaban na mesa de negociação, que até o momento negou atender as reivindicações da categoria, os dirigentes sindicais distribuiram o manifesto em todas as agências da área central da cidade. Para o presidente do Sindicato, Jeferson Boava, “debatemos com a categoria não apenas nossa pauta de reivindicações, mas também a resposta dada pelos bancos na mesa de negociação. Ou seja, não concordaram com nada. O que exige ampla mobilização. Debatemos e defendemos ainda a proposta de um Sistema Financeiro Cidadão de inclusão, acessível a todos os brasileiros”.
Mogi Guaçu e São João – Nesta quinta-feira, dia 8, o Sindicato debate a Campanha em Mogi Guaçu, às 10h na Praça Rui Barbosa, em frente ao Bradesco; antes, às 9h, debate na Praça da Catedral, em frente ao Itaú, em São João da Boa Vista.
Reivindicações dos bancários
Na Campanha deste ano, os bancários reivindicam reajuste salarial de 12,8% (composto por aumento real de 5% mais reposição da inflação projetada em 7,5%), Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais R$ 4.500,00, piso do Dieese (R$ 2.297,51 em junho), aumentos nos vales refeição e alimentação e auxílio creche/babá para R$ 545,00 cada, contratação da remuneração total e previdência complementar para todos. A categoria reivindica ainda emprego decente (slogan da Campanha), com plano de cargos e salários para todos, fim das metas abusivas, combate ao assédio moral, segurança contra assaltos, garantia contra dispensas imotivadas, mais contratações, fim da rotatividade, reversão das terceirizações, igualdade de oportunidades, aposentadoria digna e banco para todos, sem precarização.
Calendário:
Negociações com Fenaban
1ª rodada: 30 e 31 de agosto – emprego e reivindicações sociais
2ª rodada: 5 e 6 de setembro – saúde e condições de trabalho
3ª rodada: 12 de setembro – remuneração
Negociações com os bancos públicos
2 de setembro: Caixa Federal
8 de setembro: Caixa Federal
9 de setembro: Banco do Brasil
 
Principais reivindicações:
Reajuste Salarial
12,8% (5% de aumento real mais a inflação projetada de 7,5%).
PLR
Três salários mais R$ 4.500,00.
Piso
Salário mínimo do Dieese (R$ 2.297,51 em junho).
Vales Alimentação e Refeição e auxílio-creche/babá
Salário Mínimo Nacional (R$ 545,00).
PCCS
Para todos os bancários.
Auxílio-educação
Pagamento para graduação e pós.
Emprego
Ampliação das contratações.
Combate às terceirizações e à rotatividade.
Garantia contra dispensas imotivadas (Convenção 158 da OIT).
Inclusão bancária para todos os brasileiros.
Outras prioridades
Cumprimento da jornada de 6 horas.
Fim das metas abusivas.
Combate ao assédio moral e à violência organizacional.
Segurança contra assaltos e adicional de 30% de risco de morte.
Previdência complementar para todos os trabalhadores.
Contratação da remuneração total.
 
 
 
Jairo Gimenez
Assessoria de Imprensa
Sindicato dos Bancários de Campinas e Região

Notícias Relacionadas

Teletrabalho: CEE recusa proposta apresentada pelo banco

Proposta sobre teletrabalho retrocede e é prejudicial aos trabalhadores   A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal se reuniu ontem (16) com o banco para mais uma rodada de negociação. Na ocasião foi analisada a proposta sobre teletrabalho apresentada pelo Banco. Representantes dos trabalhadores recusaram a proposta e destacaram retrocesso e medidas […]

Leia mais

BB insiste em reduzir ciclos avaliatórios da GDP

Campanha Nacional O Banco do Brasil voltou a propor a redução dos ciclos avaliatórios da Gestão de Desempenho Profissional (GDP), durante a sétima rodada virtual de negociação da pauta específica com a Comissão de Empresa (CEBB), realizada nesta terça-feira, dia 16 de agosto. O banco quer apenas um ciclo avaliatório para descomissionar; o aditivo à […]

Leia mais

Financiários se reúnem com a Fenacrefi nesta quarta-feira (17)

Reunião será a primeira negociação da Campanha Nacional 2022 A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participa nesta quarta-feira (17), junto com demais representantes dos financiários, da primeira negociação da Campanha Nacional 2022, com a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi). Inicialmente, […]

Leia mais

Sindicatos filiados