CEF irá ampliar o expediente para consulta de contas inativas do FGTS

15.02.2017

Medida será tomada para que os trabalhadores tenham mais tempo para consultar as contas e tirar dúvidas sobre o saque do benefício. A Caixa Econômica Federal divulgou, oficialmente, o calendário de saques das contas inativas do FGTS. Nos próximos dias, as agências da Caixa irão ampliar o expediente para que os trabalhadores tenham mais tempo […]

Medida será tomada para que os trabalhadores tenham mais tempo para consultar as contas e tirar dúvidas sobre o saque do benefício.

A Caixa Econômica Federal divulgou, oficialmente, o calendário de saques das contas inativas do FGTS. Nos próximos dias, as agências da Caixa irão ampliar o expediente para que os trabalhadores tenham mais tempo para consultar as contas e tirar dúvidas sobre o benefício.

Para atender quem quer consultar se tem conta inativa, as agências da Caixa vão abrir duas horas mais cedo até o fim da semana. Mas dá para saber pela internet se há dinheiro parado no FGTS. É só entrar na página do banco e ter o número do PIS e do título de eleitor. Ainda dá para ligar para o 0800 726 2017.

Tem direito ao saque o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até o 31 de dezembro de 2015. São 30 milhões de pessoas. O calendário de saques será assim:

– Quem faz aniversário em janeiro e fevereiro vai poder pegar o FGTS a partir de 10 de março;
– Para os aniversariantes de março, abril e maio, o saque será a partir de 10 de abril;
– Em junho, julho e agosto, – a partir de 12 de maio;
– Para quem nasceu em setembro, outubro e novembro, a retirada será a partir de 16 de junho;
– Os aniversariantes de dezembro vão sacar a partir de 14 de julho.

O limite para os trabalhadores com conta inativa retirarem o dinheiro é 31 de julho. O governo espera que os R$ 43 bilhões que vão sair dos cofres da Caixa sejam uma injeção de ânimo na economia.

A expectativa é que os brasileiros saquem esse dinheiro, até porque todo mundo sabe que a rentabilidade do FGTS é baixa. É que o fundo não foi criado para ser um investimento e sim uma segurança para o trabalhador. Por isso os economistas dizem que mesmo com o dinheiro na mão não é para sair gastando tudo por aí.

Um analista diz que a prioridade é pagar as dívidas. O que sobrar, o consumidor deve guardar ou investir porque o desemprego deve continuar aumentando.

Fonte: G1 – Janaina Lepri

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados