Centrais demonstram união e força e prometem paralisar a Baixada Santista contra a terceirização no dia 29

27.05.2015

A reunião, terça (26), organizativa de paralisação da circulação de mercadorias e serviços, dia 29, nesta sexta-feira, no denominado “Dia Nacional de Paralisação e Manifestações Rumo à Greve Geral, Contra a Terceirização, as Medidas Provisórias 664 e 665, o Ajuste Fiscal e em Defesa dos Direitos e da Democracia” reuniu 70 sindicalistas da Baixada Santista, […]

A reunião, terça (26), organizativa de paralisação da circulação de mercadorias e serviços, dia 29, nesta sexta-feira, no denominado “Dia Nacional de Paralisação e Manifestações Rumo à Greve Geral, Contra a Terceirização, as Medidas Provisórias 664 e 665, o Ajuste Fiscal e em Defesa dos Direitos e da Democracia” reuniu 70 sindicalistas da Baixada Santista, na Av. Washington Luiz, 140, no sindicato dos Bancários de Santos e Região.

Todos os presentes são ligados às direções de centrais sindicais como: Intersindical-Central da Classe Trabalhadora, CUT, CTB, NCST, UGT, CSP e ASS, ou sindicatos das categorias dos bancários, químicos, rodoviários, frentistas, montagem, servidores públicos municipais, petroleiros, aposentados e outros movimentos.

Todos demonstraram união em torno dos esforços para reverter a pauta contra os trabalhadores promovida por deputados oposicionistas (capitaneados pelo PSDB) e as MPs propostas pelo Ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Ricardo Saraiva, o Big, presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e Secretário de Relações Internacionais da Intersindical, disse que se a terceirização passar no Senado será o extermínio da classe trabalhadora. Por isso, todos os sindicalistas têm a responsabilidade de fazer o possível e o impossível para reunir centenas de trabalhadores na região.

“Precisamos ressuscitar o antigo Fórum Sindical de Debates dos sindicatos da Baixada Santista, que existiu nas décadas de 1950 e 60. Que deu muito resultado antes da Ditadura. Naquela época, os dirigentes sindicais da região eram recebidos com suas pautas em defesa dos trabalhadores por ministros e até presidentes da República, como Jânio e João Goulart”.

O representante da Nova Central falou que irão parar para exigir mais respeito à classe trabalhadora. Os metalúrgicos estarão firmes na luta. Assim como os químicos, frentistas, trabalhadores da montagem, petroleiros, urbanitários, construção civil, servidores públicos de Santos e São Vicente, rodoviários, aposentados, estudantes, professores, funcionários da saúde municipal e estadual e bancários.

Os dirigentes da Intersindical e da CUT defenderam o fim da terceirização total e irrestrita. Ressaltaram também que os sindicalistas da Baixada já demonstraram força e união há dois anos e agora será mais forte.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e Região
 

Notícias Relacionadas

Caixa terá processo seletivo para a escolha dos diretores da FUNCEF

Inscrições já foram iniciadas e seguem até a próxima quinta-feira (9/2) Os cargos de diretor-presidente e diretor de Investimentos e Participações Societárias e Imobiliárias da Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF) serão escolhidos por meio de processo seletivo. O anúncio foi feito em edital publicado pela Caixa. As inscrições tiveram início na última sexta-feira (3/2) e […]

Leia mais

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Sindicatos filiados