COE Bradesco exige negociação para volta do trabalho presencial

21.06.2021

Vice-presidente do banco cogita retorno para 2022 Em reportagem publicada no Valor Econômico desta segunda (21), o vice-presidente do Bradesco, André Cano, afirmou que cogita a volta dos funcionários ao serviço presencial em 2022. Segundo o executivo, 98% da equipe está hoje em teletrabalho. Em razão da pandemia do novo coronavirus, os bancários estão em […]

Vice-presidente do banco cogita retorno para 2022

Em reportagem publicada no Valor Econômico desta segunda (21), o vice-presidente do Bradesco, André Cano, afirmou que cogita a volta dos funcionários ao serviço presencial em 2022. Segundo o executivo, 98% da equipe está hoje em teletrabalho.

Em razão da pandemia do novo coronavirus, os bancários estão em home office desde março do ano passado, quando o Comando Nacional dos Bancários negociou com a Federação Nacional dos Bancos o estabelecimento do regime, a fim de reduzir a exposição dos trabalhadores aos riscos de contaminação pela doença causada pelo vírus. para a proteção dos trabalhadores. Em setembro, os bancários do Bradesco aprovaram, em assembleias virtuais, o acordo de teletrabalho.

Pesquisa Teletrabalho

O Comando Nacional dos Bancários, com apoio de federações e sindicatos da categoria de todo o país, iniciou no dia 18 de junho a segunda pesquisa sobre teletrabalho. A fase de respostas pela categoria segue até 2 de agosto. A compilação e análise serão realizadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e os resultados serão apresentados durante a 23ª Conferência Nacional dos Bancários, que será realizada nos dias 3 e 4 de setembro.

Na primeira pesquisa, da qual participaram 11 mil bancários, 78% afirmaram que tiveram aumento na conta de luz e 42% afirmaram que gostariam de adotar um regime híbrido de trabalho.
Um dos objetivos da sondagem é avaliar os efeitos do teletrabalho na vida dos trabalhadores da categoria, o que inclui possíveis impactos na saúde desses profissionais. 

Notícias Relacionadas

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Financiários cobram igualdade salarial e de oportunidades para mulheres e negros no setor

Com base em levantamento do Dieese, trabalhadores e trabalhadoras mostraram distorções salariais de gênero e raça Representantes dos financiários, no movimento sindical, se reuniram, nesta sexta-feira (12), com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), para cobrar igualdade de oportunidades no setor. O encontro faz parte das negociações da Campanha Nacional […]

Leia mais

Nota da Feeb SP/MS sobre a destituição de gerentes da Caixa Asset

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) manifesta sua profunda preocupação com a recente destituição de três gerentes da Caixa Asset, subsidiária da Caixa Econômica Federal responsável pela gestão de ativos. Esses gerentes foram removidos de seus cargos após recusarem-se a aprovar uma operação de […]

Leia mais

Sindicatos filiados