COE entrega minuta específica de reivindicações para o Santander

11.06.2024

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander, responsável pelas negociações do acordo específico com o banco, entregou nesta segunda-feira (10/06), a minuta de reivindicações aprovada durante o Encontro Nacional dos Funcionários do Santander. O encontro foi realizado na sede do Santander, em São Paulo, e marcou o início das negociações do Acordo Coletivo […]

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander, responsável pelas negociações do acordo específico com o banco, entregou nesta segunda-feira (10/06), a minuta de reivindicações aprovada durante o Encontro Nacional dos Funcionários do Santander.

(Foto: Contraf-CUT)
O encontro foi realizado na sede do Santander, em São Paulo, e marcou o início das negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico dos trabalhadores do banco – aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, que terá vigência no biênio 2024-2026.

Ana Stela Alves de Lima, representante da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb-SP/MS) na COE Santander e Patrícia Bassanin, integrante do Conselho Deliberativo do SantanderPrevi, participaram da entrega.

Entre as reivindicações, o documento pede a manutenção das cláusulas vigentes do acordo atual, com duração até 31 de agosto de 2024; e a inclusão de cláusulas relacionadas ao cenário atual, como o combate a terceirização no banco e o direito a desconexão.

De acordo com Ana Stela, “o acordo remonta ao Banespa e suas cláusulas têm sido renovadas, com adaptação aos atuais funcionários do banco. No aditivo atual estão cláusulas que garantem a não compensação do programa próprio de remuneração variável do banco, com o acordo de PLR da categoria, bolsas de estudo, licença não -remunerada (interesse do funcionário), entre outras”, explica.

A representante explica também que na nova minuta estão incluídas cláusulas que se referem à desconexão digital e à não terceirização de trabalho bancário, ambas discutidas na Conferência Interestadual da Feeb-SP/MS e incluída, após aprovação, na minuta entregue pela COE Santander.

A minuta específica do Santander foi recebida pela  vice-presidente de RH do banco, Germanoela de Almeida, e por  Fabiana Ribeiro e Marcelo Couto, do setor de relações sindicais do Santander.

Pré-acordo para manter garantias

Junto com a minuta, os trabalhadores entregaram ao banco um pré-acordo de garantias, assinado por todas as federações sindicais que compõem a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), e inclui Feeb-SP/MT.

“O aditivo Santander representa uma conquista histórica significativa. Precisamos mobilizar os funcionários para garantir sua renovação, incorporando as novas cláusulas necessárias”, destaca Ana Stela.

Notícias Relacionadas

Financiários exigem fim de terceirizações e formalização do teletrabalho no setor

Movimento sindical também denunciou o aumento de contratações de correspondentes bancários, repassando os serviços para empresas que não cobrem os mesmos direitos reivindicados pela categoria Representantes dos trabalhadores financiários realizaram, nesta terça-feira (16), mais uma rodada da mesa de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), desta vez, para […]

Leia mais

COE Santander reitera defesa dos direitos dos empregados durante negociação com o banco

A garantia do emprego foi um dos principais temas reivindicados A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander deu início às negociações do acordo específico com o banco, na tarde desta terça-feira (16). A defesa dos direitos dos trabalhadores e a garantia do empregos foram os principais temas debatidos. O movimento sindical cobrou o […]

Leia mais

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Sindicatos filiados