COE Itaú ressalta falha na comunicação e clima de terror nas agências

29.10.2020

Dificuldades com as metas de consignados e demissões são principais assuntos a preocupar empregados A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú se reuniu nesta quarta-feira (28) com representantes do banco para tratar sobre o tema demissões. De acordo com a representação dos bancários, o tema causa clima de terror dentro das agências. Durante […]

Dificuldades com as metas de consignados e demissões são principais assuntos a preocupar empregados

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú se reuniu nesta quarta-feira (28) com representantes do banco para tratar sobre o tema demissões. De acordo com a representação dos bancários, o tema causa clima de terror dentro das agências. Durante a discussão a comissão reivindicou a divulgação de um comunicado para esclarecer a questão da reestruturação, bem como o planejamento da empresa. A comissão cobrou ainda, uma comunicação clara aos empregados de que dificuldades relacionadas às metas de consignado não prejudicarão os funcionários.

“É importante manter uma comunicação clara com os empregados, a fim de evitar ruídos, pânico e adoecimento”, destaca o representante da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Reginaldo Breda.

A representação do Banco informou durante a reunião que este ano não haverá reestruturação e extinção de cargos e que a partir de 2021 um modelo piloto será aplicado em algumas agências. O detalhamento do piloto das mudanças será apresentado em uma nova reunião com a COE agendada para o próximo dia 10 de novembro.

Com relação à falta de informação por parte do banco, a representação admitiu que há problemas de comunicação. Um comunicado sobre os planos de reestruturação e sobre o piloto deverá ser aplicado em algumas agências, assim como um novo informativo sobre as metas de consignado que estão comprometidas diante dos atrasos das liberações. O representante do banco informou que os atrasos são da DataPrev, órgão do governo federal. A COE enfatizou o pedido para que os funcionários não sejam prejudicados pelos atrasos e que as dificuldades nas liberações sejam explicadas oficialmente pelo banco.

Também durante a reunião foi informado pelo banco que devido às ações do Ministério Público, as agências que fazem atendimento até as 14h vão estender o horário até às 15h.

Vacinação
A vacinação contra o novo coronavírus a ser disponibilizada em breve foi cobrada pela Comissão, que ressaltou ainda, que a mesma seja estendida para funcionários e dependentes. Em resposta o banco informou que a reivindicação será levada para análise, assim como a proposta do plano de saúde.

Demissões
Outro ponto levantado durante a reunião foi a realocação de funcionários e o retorno das homologações com os sindicatos.

PCR
Está pendente de resposta a renovação do Programa Complementar de Resultados (PCR). O assunto também deverá ser explorado na próxima reunião. A expectativa da COE é que a renovação do PCR aconteça antes do final do ano.
 

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados