Consulta Nacional: Bancários de todo o país podem contribuir com a construção de pautas para a Campanha Nacional

23.04.2024

Respostas serão compiladas e somadas às resoluções das conferências estaduais e regionais A Consulta Nacional já está disponível e pode ser respondida por bancárias e bancários de todo o país, filiados ou não aos sindicatos. O objetivo é que a participação contribua com a construção de pautas para as reivindicações da Campanha Nacional deste ano. […]

Respostas serão compiladas e somadas às resoluções das conferências estaduais e regionais

A Consulta Nacional já está disponível e pode ser respondida por bancárias e bancários de todo o país, filiados ou não aos sindicatos. O objetivo é que a participação contribua com a construção de pautas para as reivindicações da Campanha Nacional deste ano. Para responder basta acessar esse link.

O Comando Nacional definiu metas por federações. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS), será responsável por 4,7% da meta estipulada, o que significa que 2.341 questionários deverão ser respondidos. “É muito importante a participação de todos para a preservação do processo democrático. Para isso, contamos com ampla dedicação dos nossos sindicatos, visando que o maior número de respostas seja alcançado, de modo que a categoria seja plenamente representada em todas as localidades”, enfatiza David Zaia, presidente da Feeb SP/MS.

Neste ano, a consulta inclui um questionamento sobre o endividamento e a inadimplência da categoria. De acordo com o movimento sindical, os dados apontam que, no encerramento de 2023, 77,8% das famílias possuíam dívidas e 29,5% possuíam dívidas em atraso. O objetivo é avaliar o cenário na categoria e encontrar a solução para o problema.

Entenda

Os resultados serão compilados e se somarão às resoluções das conferências estaduais e regionais, além daquelas definidas nos encontros nacionais específicos dos trabalhadores de bancos públicos e de bancos privados. As pautas serão debatidas na Conferência Nacional dos Bancários, a ser realizada do dia 7 ao dia 9 de junho, com o objetivo de definir a pauta de reivindicações de 2024.

Após ser aprovada em assembleias realizadas por sindicatos de todo o país, a pauta será encaminhada à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para dar início às negociações da Campanha Nacional. O objetivo é renovar a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria e os Acordos Coletivos de Trabalho (ACTs) específicos dos bancos, uma vez que as vigências dos mesmos se encerram no dia 31 de agosto. A data-base da categoria é 1º de setembro.

A Feeb SP/MS foi a primeira Federação a realizar a Conferência Interestadual. Os debates ocorreram nos dias 11 e 12 de abril, em Nazaré Paulista e resultou na aprovação de pautas a serem apresentadas na Campanha Nacional. Confira aqui as definições.

Notícias Relacionadas

Financiários exigem fim de terceirizações e formalização do teletrabalho no setor

Movimento sindical também denunciou o aumento de contratações de correspondentes bancários, repassando os serviços para empresas que não cobrem os mesmos direitos reivindicados pela categoria Representantes dos trabalhadores financiários realizaram, nesta terça-feira (16), mais uma rodada da mesa de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), desta vez, para […]

Leia mais

COE Santander reitera defesa dos direitos dos empregados durante negociação com o banco

A garantia do emprego foi um dos principais temas reivindicados A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander deu início às negociações do acordo específico com o banco, na tarde desta terça-feira (16). A defesa dos direitos dos trabalhadores e a garantia do empregos foram os principais temas debatidos. O movimento sindical cobrou o […]

Leia mais

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Sindicatos filiados