Consultoria aponta divergências em dados fornecidos pela Caixa e recomenda melhoria na gestão do Saúde Caixa

15.06.2021

Usuários criticam reestruturação e descredenciamentos  A Caixa Econômica Federal apresentou, em reunião com o Conselho de Usuários do Saúde Caixa e o Grupo de Trabalho (GT) Saúde Caixa, projeções de despesas do plano. No entanto, a consultoria que assessora o Conselho de Usuários e o GT apontou divergências nas projeções, além de sugerir melhorias na […]

Usuários criticam reestruturação e descredenciamentos 

A Caixa Econômica Federal apresentou, em reunião com o Conselho de Usuários do Saúde Caixa e o Grupo de Trabalho (GT) Saúde Caixa, projeções de despesas do plano. No entanto, a consultoria que assessora o Conselho de Usuários e o GT apontou divergências nas projeções, além de sugerir melhorias na gestão do plano, com intuito de manter a qualidade dos serviços prestados, sem que o usuário seja onerado. 

Atualmente, o Saúde Caixa é custeado na proporção de 70% para a Caixa e 30% para os empregados. No entanto, a empresa quer limitar sua contribuição.

As reuniões do GT começaram no dia 14 de janeiro deste ano. Nos meses de abril e maio, o trabalho foi concentrado na análise de dados do plano. Conforme o acordo coletivo 2020/2022, o GT Saúde Caixa foi criado para estudar o custeio e gestão do plano de saúde dos empregados. O grupo paritário, composto por representantes dos empregados e da Caixa, deve apresentar um formato de custeio e gestão do plano até o dia 31 de julho de 2021.

Posteriormente, as propostas serão encaminhadas para debate na mesa permanente. A (s) melhor (es) proposta (s) será encaminhada aos empregados para votação até 31 de agosto de 2021. A mais votada será implementada até 2 de janeiro de 2022.

Notícias Relacionadas

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

CEE Caixa realiza nova rodada de negociações focada em diversidade e igualdade de oportunidades

Além de diversidade e igualdade, foram discutidos temas como FUNCEF, escala de férias, telefone celular e escola inclusiva A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal conduziu nesta sexta-feira (19) mais uma mesa de negociação para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da instituição. O tema central da discussão […]

Leia mais

Sindicatos filiados