Contraf-CUT pede informações à Caixa sobre PDV

11.06.2024

Objetivo é garantir a transparência do processo e amenizar ansiedade dos trabalhadores A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou, nesta terça-feira (11), um ofício à Caixa Econômica Federal solicitando informações sobre o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do banco. No ofício, a Contraf-CUT observa que “o prazo de adesão” ao PDV “se […]

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou, nesta terça-feira (11), um ofício à Caixa Econômica Federal solicitando informações sobre o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do banco.

No ofício, a Contraf-CUT observa que “o prazo de adesão” ao PDV “se encerrou já há 11 dias e que os desligamentos começam em 19 dias”.

Entre as informações solicitadas, estão:

  • •    número total de desligamentos;
  • •    número de desligamentos por estado e cidade;
  • •    lista com os nomes e lotação das pessoas que serão desligadas pelo PDV;
  • •    próximos passos a serem dados por quem será desligado;
  • •    quando serão iniciadas as realocações/transferências solicitadas pelo pessoal da Caixa, para readequar o efetivo das unidades onde houve desligamentos;
  • •    quando serão iniciadas as convocações e contratações dos aprovados no concurso público.

De acordo com a representação dos empregados, o objetivo é ter acesso às informações para facilitar o esclarecimento às bancárias e bancários. “Queremos garantir a transparência do processo e amenizar a ansiedade das empregadas e empregados inscritos, que estão no aguardo de informações sobre sua classificação para o programa”, completou Tesifon Quevedo Neto, representante da FeebSP/MS na CEE Caixa.

Editado por Feeb SP/MS, com informações: Contraf CUT

Notícias Relacionadas

Financiários exigem fim de terceirizações e formalização do teletrabalho no setor

Movimento sindical também denunciou o aumento de contratações de correspondentes bancários, repassando os serviços para empresas que não cobrem os mesmos direitos reivindicados pela categoria Representantes dos trabalhadores financiários realizaram, nesta terça-feira (16), mais uma rodada da mesa de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), desta vez, para […]

Leia mais

COE Santander reitera defesa dos direitos dos empregados durante negociação com o banco

A garantia do emprego foi um dos principais temas reivindicados A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander deu início às negociações do acordo específico com o banco, na tarde desta terça-feira (16). A defesa dos direitos dos trabalhadores e a garantia do empregos foram os principais temas debatidos. O movimento sindical cobrou o […]

Leia mais

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Sindicatos filiados