Dia 8 de Março: Fim da violência contra a mulher e o Desmonte da Previdência

09.03.2017

No Dia Internacional das Mulheres, 8 de março, um grande coletivo de mulheres com mais de 14 grupos da Baixada Santista (entre eles o Coletivo de Mulheres Bancárias), reuniu mais de 300 pessoas e realizou Ato Unificado. A concentração foi na Estação da Cidadania, em Santos/SP, com exposições, oficinas, varal de poesias, bancas para simulações […]


No Dia Internacional das Mulheres, 8 de março, um grande coletivo de mulheres com mais de 14 grupos da Baixada Santista (entre eles o Coletivo de Mulheres Bancárias), reuniu mais de 300 pessoas e realizou Ato Unificado. A concentração foi na Estação da Cidadania, em Santos/SP, com exposições, oficinas, varal de poesias, bancas para simulações de aposentadoria contra o desmonte da Previdência e prevenção contra DST e HIV, exibição de curtas, performance e marcha até a Pça. Independência.

 "Todo o Coletivo de Mulheres Bancárias e os demais coletivos entendem que o Dia Internacional das Mulheres é dia de lutar contra a violência, o estupro e o machismo. E também pela garantia de emprego digno, pela manutenção dos direitos trabalhista, contra do desmonte da Previdência Social e por poder viver sem temer”, diz Marcia Peres, diretora do Sindicato e uma das organizadoras do Ato.

“Nós mulheres trabalhadoras seremos as mais atingidas com o desmonte da previdência social pois vamos precisar de 49 anos de contribuição e 65 anos de idade para aposentadoria. Esse aumento na idade desconsidera a dupla ou até tripla jornada para aquelas que têm dois empregos aliados ao trabalho doméstico. A expectativa de vida no Brasil em muitas regiões é menor que 65 anos o que significa que muitas vão morrer antes da aposentadoria”, reage Eneida Koury, presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região.

O Ato Unificado foi finalizado com saudação aos nomes de mulheres assassinadas, apresentação do grupo feminino de maracatu Baque Mulher e falas das entidades envolvidas. Elas saem às ruas de Santos não para comemorar, pelo contrário, para demonstrar indignação e lutar contra o machismo, a violência, a cultura do estupro e também contra o desmonte da Previdência Social.

O Brasil é um campo de guerra para as mulheres

A cada 1 hora e meia uma mulher é assassinada por violência machista. O Brasil é um dos países que mais matam mulheres, e o que mais mata pessoas transexuais. Entre os casos de violência doméstica, a maioria é presenciada pelos filhos que também são vítimas da violência, na maioria dos casos. Para a mulher negra a violência é ainda mais brutal: os assassinatos dessas * tiveram um aumento de 54,2% entre 2002-2013, consequência nítida do racismo. Por ano acontecem 50 mil estupros: a maioria ocorre dentro de casa e é praticado por um conhecido da vítima.

Dia Internacional das Mulheres: 8 de Março

Dia 8 de Março não se trata de presentear mulheres com flores. A data que surgiu com o objetivo de organizar as mulheres para enfrentar as dificuldades impostas pelo sistema, imposta pelo machismo.


 

Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e Região

 

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados