Diretoria da Feeb SP/MS debate balanço anual e traça estratégias para 2023

15.12.2022

Reunião contou com representantes de todas as bases sindicais Dirigentes Sindicais da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participaram nesta quarta-feira (14), da última reunião de diretoria de 2022. Durante o encontro, que ocorreu em formato híbrido, com público presencial e remoto, os participantes analisaram o […]

Reunião contou com representantes de todas as bases sindicais

Dirigentes Sindicais da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) participaram nesta quarta-feira (14), da última reunião de diretoria de 2022.

Durante o encontro, que ocorreu em formato híbrido, com público presencial e remoto, os participantes analisaram o balanço anual administrativo e pautas sindicais, além de debaterem objetivos para o próximo ano. Após a leitura da ata da última reunião da diretoria, realizada no dia 10 de novembro, por meio de videoconferência, a programação seguiu com apresentação e análise do balanço patrimonial, votação da proposta orçamentária para 2023 e debate de temas relacionados à categoria.

O resultado das eleições e o cenário político no País foi o primeiro tema do debate. Na ocasião, o presidente David Zaia destacou o processo de transição do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva. Zaia fez parte da equipe de voluntários nomeados e integrou o grupo Técnico de Trabalho.

Encaminhamentos do tema Trabalho

A conclusão dos trabalhos de transição ocorreu na última terça-feira (13), no Centro Cultural Banco do Brasil (CEBB), em Brasília, com o pronunciamento do presidente Lula e do vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, coordenador da transição.  A equipe de transição teve 32 grupos temáticos, que foram responsáveis pela produção de relatórios com diagnósticos da máquina pública e sugestões de medidas a serem adotadas por Lula após a posse.

O presidente da Federação enfatizou o fortalecimento dos movimentos sociais para 2023. “A expectativa para o ano que vem é de muito trabalho. Vai exigir uma participação qualificada com entendimento das propostas, promoção de debates, articulação política e fortalecimento e presença da movimentação social”, disse.

Demais pautas

A programação seguiu com abordagem de assuntos em andamento com a Fenaban e Comando Nacional; Ações Judiciais, ajuizada após a Data Base da Categoria; Assimetria Trabalhista entre bancos e Cooperativas de Crédito e por fim, informes dos bancos públicos e privados, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco,  Itaú e Santander.

A reunião contou, ainda, com o registro e aprovação de nota de repúdio da categoria contra os ataques à democracia sofridos no último dia 12 de dezembro, em Brasília, com os atos de vandalismo praticados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL).

 

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quinta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados