Em parceria com o DIEESE, Federação realiza seminário para discutir lucratividade dos bancos e novas tecnologias

06.05.2016

A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS) promove na próxima quarta-feira (11), às 09h30, o Seminário FEEB-SP/MS – DIEESE, na sede da UGT (Rua Aguiar de Barros, 144) na Bela Vista, região central da cidade. Realizado em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), o […]


A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS) promove na próxima quarta-feira (11), às 09h30, o Seminário FEEB-SP/MS – DIEESE, na sede da UGT (Rua Aguiar de Barros, 144) na Bela Vista, região central da cidade.

Realizado em parceria com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), o seminário irá discutir o resultado financeiro apresentado pelos bancos no primeiro trimestre deste ano e também a forma como as novas tecnologias impactam o mundo do trabalho, especialmente no setor bancário, com o aumento das demissões.

A economista do DIEESE, Vivian Machado fará a apresentação dos dados.

Resultado dos bancos

Os quatro maiores bancos privados do país anunciaram na última semana os lucros obtidos no 1º trimestre deste ano. Apesar dos altos números registrados (Itaú: R$5,2 bi, Bradesco: R$4,121 bi, Santander: R$1,66 bi e HSBC: US$ 736 milhões), todas as instituições financeiras, com exceção do Santander, registraram quedas em comparação ao mesmo período do ano anterior, relacionadas com aumento nas despesas para perdas com calotes.

Itaú e Bradesco registraram redução de 9,58% e 2,9%, respectivamente, o HSBC, anunciou prejuízo na ordem US$89 milhões, também devido ao aumento das provisões contra calotes, já o Santander foi o único a apresentar crescimento: alta de 1,7% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. A carteira de crédito do banco espanhol, porém, encolheu 4,9% na comparação trimestral.

Para Secretário Geral da FEEB-SP/MS, Reginaldo Breda, o momento para a economia do país é bastante delicado e a situação requer um debate aprofundado, sobretudo no que diz respeito à estratégia do movimento sindical, que se prepara para a Campanha Salarial dos Bancários 2016.

“O lucro dos bancos registraram variações significativas este ano em relação a 2015. Desde o ano passado já ouvíamos dos banqueiros que a crise seria um entrave para um reajuste digno e diante das perdas apresentadas este ano, este argumento deve ganhar ainda mais força. Daí, a importância do seminário que estamos promovendo, pois ele discutirá dois assuntos importantes para o trabalhador bancário: estes resultados financeiros e também o avanço tecnológico e o aumento das demissões”, avalia.

Serviço

Seminário FEEB-SP/MS/DIEESE
Data: 11/05
Horário: 09h30
Local: Sede da UGT – Rua Aguiar de Barros, 144 – Bela Vista – São Paulo-SP.

 

Notícias Relacionadas

Dia Mundial de Combate à Aids

O dia 1º de dezembro é o Dia Mundial  de Combate à Aids. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde e é celebrada anualmente desde 1988 no Brasil, um ano após a Assembleia Mundial de Saúde que fixou a data de comemoração. O objetivo da data é conscientizar as pessoas para o problema, acabar […]

Leia mais

Caixa propõe usar GDP na Promoção por Mérito

Na terceira rodada de negociação, Caixa rejeita proposta apresentada pelos representantes dos empregados e insiste na utilização da GDP O Grupo de Trabalho (GT) sobre Promoção por Mérito na Caixa Federal se reuniu ontem (29) com representantes do banco para a terceira reunião sobre o tema. A primeira ocorreu no último dia 10 e a […]

Leia mais

Vitória da Categoria: PL 1043 é retirado da pauta de votação

Projeto de Lei que autoriza a abertura das agências e o trabalho bancário aos sábados, domingos e feriados foi retirado da pauta de votação na CDC da Câmara dos Deputados; pressão da categoria foi fundamental O Projeto de Lei 1.043/2019, que autoriza a abertura de agências e o trabalho bancário aos sábados domingos e feriados foi […]

Leia mais

Sindicatos filiados