Em Piracicaba, presidente da Feeb SP/MS avalia impactos da conjuntura sobre o movimento sindical

25.10.2023

Reprodução: Conteúdo Regional/Sindicato dos Bancários de Piracicaba O presidente da Feeb SP/MS (Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul), Davi Zaia, ministrou palestra, nesta segunda-feira, 23 de outubro, durante plenária do sistema diretivo do Sindicato dos Bancários de Piracicaba. Ele falou o tema “Os impactos da conjuntura Sociopolítica e […]

Reprodução: Conteúdo Regional/Sindicato dos Bancários de Piracicaba

O presidente da Feeb SP/MS (Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul), Davi Zaia, ministrou palestra, nesta segunda-feira, 23 de outubro, durante plenária do sistema diretivo do Sindicato dos Bancários de Piracicaba. Ele falou o tema “Os impactos da conjuntura Sociopolítica e os desafios do Movimento Sindical”.

A atividade integrou os eventos em comemoração ao aniversário do SindBan Piracicaba, que completou 64 anos no dia 22 de outubro. Durante o encontro, Zaia abordou temas mais gerais, como as relações entre o movimento sindical, o Governo e o Congresso Nacional, e temas específicos da categoria bancária, como as tendências em relação aos processos de negociação com os bancos.

“O Davi Zaia faz parte da história do movimento sindical dos bancários no país. Sua presença neste momento de aniversário do Sindicato é fundamental, pois sua análise nos ajuda a compreender o papel que temos na conjuntura social, econômica e política do país”, afirmou durante o evento o presidente do Sindicato dos Bancários, e vice-presidente da Feeb, José Antonio Fernandes Paiva.

Em palestra direcionada principalmente aos dirigentes e assessores do Sindicato, Zaia ressaltou que o movimento sindical possui grande responsabilidade em relação ao futuro do país. Destacou que as entidades precisam se envolver no debate de temas como a reforma tributária, por exemplo, que na sua visão é fundamental visando à construção de um país mais justo, com menos desigualdade e com oportunidades para todas as pessoas.

No caso específico dos bancários, enfatizou a necessidade de defender a convenção coletiva da categoria, uma das mais completas, que preserva muitos direitos e benefícios e serve como referência para trabalhadores de outras áreas. “Nossa convenção possui mais de cem cláusulas, contempla conquistas históricas que precisam ser mantidas”, disse.

Sinalizou também que é preciso avançar em temas novos, como a redução da jornada de trabalho semanal, lembrando que em alguns países já se debate sobra a implantação da semana com quatro dias de trabalho e três de descanso. “Com as tecnologias que temos hoje podemos pensar em menos tempo trabalhando e mais tempo vivendo com a família, cuidando da nossa saúde e bem-estar, isso não acontecerá de um dia para o outro, mas deve estar no nosso horizonte”, observou.

A partir do questionamento dos diretores do SindBan Piracicaba, também apresentou informações sobre temas que estão na ordem do dia das entidades neste momento, como demissões, pressão pelo cumprimento de metas, o Saúde Caixa, a situação do Economus, exames periódicos, entre outros.

A plenária contou com a presença de dirigentes do Sindicato das cidades de Piracicaba, Capivari, Tietê, Cerquilho, Laranjal Paulista e São Pedro, contemplando a representação dos bancos Bradesco, Itaú, Santander, Mercantil do Brasil, Votorantin, Caixa Econômica Federal, Banco Pan e Banco do Brasil.

Atual presidente da Feeb SP/MS, Davi Zaia foi deputado estadual, presidente do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) e secretário de Governo e de Trabalho do Estado de São Paulo.

Fotos: Moovie 237

Notícias Relacionadas

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Financiários cobram igualdade salarial e de oportunidades para mulheres e negros no setor

Com base em levantamento do Dieese, trabalhadores e trabalhadoras mostraram distorções salariais de gênero e raça Representantes dos financiários, no movimento sindical, se reuniram, nesta sexta-feira (12), com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), para cobrar igualdade de oportunidades no setor. O encontro faz parte das negociações da Campanha Nacional […]

Leia mais

Nota da Feeb SP/MS sobre a destituição de gerentes da Caixa Asset

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) manifesta sua profunda preocupação com a recente destituição de três gerentes da Caixa Asset, subsidiária da Caixa Econômica Federal responsável pela gestão de ativos. Esses gerentes foram removidos de seus cargos após recusarem-se a aprovar uma operação de […]

Leia mais

Sindicatos filiados