Empregados da Caixa entregam minuta de reivindicações e definem calendário de negociações

07.08.2020

Reunião , realizada por videoconferência, também debateu teletrabalho A primeira reunião de negociação da Campanha Nacional 2020 entre a Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) e o banco, realizada por videoconferência nesta sexta-feira (7), teve como pauta o home office (teletrabalho). O encontro também foi marcado pela entrega da minuta de reivindicações para o […]

Reunião , realizada por videoconferência, também debateu teletrabalho

A primeira reunião de negociação da Campanha Nacional 2020 entre a Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) e o banco, realizada por videoconferência nesta sexta-feira (7), teve como pauta o home office (teletrabalho). O encontro também foi marcado pela entrega da minuta de reivindicações para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

A conquista anunciada nesta semana sobre a suspensão do retorno de funcionários que coabitam com grupo de riscos foi destacada como conquista para o movimento sindical. Sobre o tema, foi solicitada também, a ampliação do Projeto Remoto para as mães e dos pais de crianças pequenas. A Caixa sinalizou que vai avaliar.
O movimento orienta que empregados que se enquadrem nos grupos citados informem seus gestores para avaliação. Em caso de negativa, a solicitação deve ser encaminhada para o Grupo de Trabalho que irá julgar o processo. A Caixa ficou de enviar ao movimento sindical os e-mails das unidades que farão esse recurso para serem divulgados.

Os representantes dos empregados também tiveram acatada a reivindicação da criação de um canal de denúncias para que os empregados possam informar os locais que não estão seguindo o protocolo. As denúncias poderão ser anônimas.

“Levantamos pontos sensíveis como ergonomia, jornada e intensidade do trabalho visando a construção de uma convergência que garanta direitos. Outro ponto importante da discussão foi o reconhecimento da necessidade de proteger empregados que coabitam com pessoas do grupo de risco”, explica Carlos Augusto Pipoca, representante da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Pesquisa
Os empregados da Caixa apresentaram dados da pesquisa com a categoria elaborada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com recorte dos respondentes da Caixa, sobre a situação dos trabalhadores que foram colocados em home office, em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19). Na sequência, foi a vez do banco fazer uma apresentação sobre a construção do Projeto Remoto no banco.
Com os dados da pesquisa apresentada na reunião e a pauta específica sobre o assunto dos empregados, a Caixa ficou de analisar as reivindicações dos trabalhadores. O tema voltará a ser debatido durante o decorrer da campanha, também na mesa única com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Rodízio
Com relação ao rodízio dos trabalhadores nas agências, o banco disse que será mantido. A CEE/Caixa, entretanto, aponta que isso não acontece efetivamente e cobra garantias.
A próxima reunião, agendada para quarta-feira (12), vai debater os temas Saúde e Segurança.

Calendário de Reuniões da mesa específica da Caixa
• 12/08 – Temática: Saúde e Segurança
• 17/08 – Temática: Igualdade e Cláusulas Sociais
• 19/08 – Temática: Cláusulas Sociais
 

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quarta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados