Encontro Nacional dos Funcionários do Santander aprova minuta de reivindicações específicas

06.06.2024

Informações Contraf CUT, com edição Feeb SP/MS Documento que irá servir de base para as negociações de renovação do ACT será entregue ao banco no dia 10 de junho Delegados e delegadas de todo o Brasil estiveram reunidos, nesta quinta-feira (6), em São Paulo, para o Encontro Nacional dos Funcionários do Santander. Após um longo […]

Documento que irá servir de base para as negociações de renovação do ACT será entregue ao banco no dia 10 de junho

Delegados e delegadas de todo o Brasil estiveram reunidos, nesta quinta-feira (6), em São Paulo, para o Encontro Nacional dos Funcionários do Santander. Após um longo dia de debates, que incluiu análise de conjuntura, apresentação dos resultados da pesquisa de saúde, destaques do último balanço do banco e discussão das propostas, os participantes aprovaram a minuta de reivindicações específicas, que servirá de base para as discussões da renovação do Acordo de Trabalho Coletivo (ACT) aditivo. O documento será entregue ao Santander no dia 10 de junho.


“Tivemos um encontro muito representativo, com a presença de mais de 100 delegados vindos de todo o país. Durante o dia, foi possível debater a conjuntura nacional e internacional, que nos impactam diretamente, já que o banco está presente em mais de 26 países. Debatemos também as nossas reivindicações específicas, que foram aprovadas”, avalia a coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE/Santander), Wanessa Queiroz.

A representante dos bancários destacou a inclusão na minuta de propostas diversas cláusulas já vigentes na Espanha. Entre as propostas estão a redução da jornada de trabalho e cláusulas ambientais que garantem a cobertura do banco para funcionários em casos de catástrofes e emergências climáticas. Além disso, foram apresentadas medidas para apoiar trabalhadores, bem como seus filhos que se enquadram como neuro divergentes.

Ao encerrar o encontro, a coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander ressaltou a importância da mobilização e da participação ativa dos funcionários do banco em todas as etapas da campanha, seja acompanhando as negociações, se mobilizando nas redes sociais ou participando das assembleias.

“O encontro foi extremamente produtivo. Conseguimos finalizar a minuta do aditivo, que será entregue ao banco na segunda-feira. Esta minuta inclui novas cláusulas que atendem às necessidades atuais da categoria”, disse Ana Stela Alves de Lima, coordenadora da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS).
Outros temas
O Encontro Nacional dos Funcionários do Santander também abordou temas como Conjuntura Nacional e Internacional, apresentada pelo cientista social e professor Moisés Marques e o ex-presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, João Vaccari Neto; Saúde como Prioridade, tema apresentado pelo secretário de Saúde da Contraf-CUT, Mauro Salles Machado, que falou sobre a síntese da pesquisa “Modelos de gestão e patologias do trabalho bancário”e contextualizou as mudanças na organização do trabalho bancário; e os Destaques do lucro trimestral, abordado pela economista do Dieese, Vivian Machado, que abriu sua fala relembrando que, em 2023, a soma dos lucros dos cinco maiores bancos totalizou R$ 108,6 bilhões. Somente o Santander lucrou R$ 9,38 bilhões.
“Foi um momento de aprendizado extremamente valioso, com palestras abordando a conjuntura econômica mundial e a apresentação do balanço do banco Santander pelo Dieese. Durante as discussões tivemos oportunidade de falar sobre as demandas trazidas pela nossa base e contribuir com a elaboração de novas cláusulas para o aditivo, atualizando algumas propostas e mantendo outras que foram importantes em negociações anteriores. Seguindo o lema da nossa campanha, avançamos juntos na conquista de nossos objetivos”, falou Letícia Françoso, dirigente do Sindicato dos Bancários de Piracicaba.

Notícias Relacionadas

Financiários exigem fim de terceirizações e formalização do teletrabalho no setor

Movimento sindical também denunciou o aumento de contratações de correspondentes bancários, repassando os serviços para empresas que não cobrem os mesmos direitos reivindicados pela categoria Representantes dos trabalhadores financiários realizaram, nesta terça-feira (16), mais uma rodada da mesa de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), desta vez, para […]

Leia mais

COE Santander reitera defesa dos direitos dos empregados durante negociação com o banco

A garantia do emprego foi um dos principais temas reivindicados A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander deu início às negociações do acordo específico com o banco, na tarde desta terça-feira (16). A defesa dos direitos dos trabalhadores e a garantia do empregos foram os principais temas debatidos. O movimento sindical cobrou o […]

Leia mais

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Sindicatos filiados