Federação participa de reunião com HSBC

27.07.2015

Manutenção dos empregos e denuncias de assédio moral para cumprimento de metas abusivas foram os temas tratados A COE HSBC (Comissão de Organização dos Empregados do HSBC) reuniu-se novamente na última sexta-feira (24) com representantes do banco. Os temas tratados foram manutenção dos empregos dos funcionários diante da venda das operações da instituição financeira no […]

Manutenção dos empregos e denuncias de assédio moral para cumprimento de metas abusivas foram os temas tratados

A COE HSBC (Comissão de Organização dos Empregados do HSBC) reuniu-se novamente na última sexta-feira (24) com representantes do banco. Os temas tratados foram manutenção dos empregos dos funcionários diante da venda das operações da instituição financeira no país e condições de trabalho, referente a denuncias de assédio moral para cumprimento de metas abusivas. Danilo Castilho, diretor do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região representou a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS) na reunião.
Os representantes dos trabalhadores cobraram a formalização de uma garantia da manutenção dos empregos e também providências com relação às denúncias de assédio moral. Os negociadores do banco informaram que não poderiam atender à reivindicação para que firmassem um acordo pela garantia dos empregos e que enfatizaram que as saídas estão sendo repostas. Sobre as denuncias de assédio moral e cobrança de metas abusivas, disseram que não há por parte da direção qualquer orientação neste sentido e que os casos serão apurados.

Abaixo-assinado em defesa dos empregos no HSBC

Diante da incerteza sobre o futuro dos trabalhadores com a venda do banco no Brasil, o movimento sindical seguirá colhendo assinaturas para pressionar o governo e órgãos reguladores financeiros em defesa da manutenção dos empregos dos trabalhadores. A Federação orienta os sindicatos da sua base a coletarem assinaturas de funcionários e clientes e usuários das agências em suas áreas de atuação.
A sugestão é de que os sindicatos realizem mobilizações nos moldes do Dia Nacional de Lutas, com entrega de material de conscientização aos clientes e funcionários, juntamente com o ato de recolhimento das assinaturas.

Os abaixo-assinados deverão ser entregues à Federação até o próximo dia 30/07. As folhas do documento deverão ser escaneadas e enviadas para o e-mail: comunicacao@feeb-spms.org.br

O formulário para coleta das assinaturas está disponível aqui

 

Notícias Relacionadas

Proposta sobre Teletrabalho vai avançar

Reivindicações da categoria avançam nas negociações sobre trabalho remoto, mas Comando dos Bancários cobra agilidade na resposta sobre a proposta global A proposta da categoria bancária para o trabalho remoto avançou nas negociações realizadas na tarde desta quinta-feira (11) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). “Tivemos evolução no Teletrabalho que se torna cláusula da […]

Leia mais

Caixa se nega a criar GT para discutir contencioso da Funcef

Banco avalia que o tema já é tratado pela própria fundação de previdência dos trabalhadores Em reunião de negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, realizada nesta quarta-feira (10), com a Comissão Executiva dos Empregados (CEE), a Caixa Econômica Federação se negou a atender a reivindicação para que seja criado um grupo de trabalho (GT) […]

Leia mais

Atos pela democracia ocorrem em todo o País e reafirmam o compromisso contra o autoritarismo

Data de 11 de agosto marca a leitura de um manifesto contra ditadura militar em 1977 Brasileiros de inúmeras regiões do País realizaram nesta quinta-feira (11), atos em defesa do estado democrático de direito. Milhares de entidades representativas foram às ruas manifestar a defesa pela garantia da democracia e do sistema eleitoral eletrônico. A data […]

Leia mais

Sindicatos filiados