Fenaban propõe reajuste zero por dois anos

25.08.2020

PLR rebaixada e gratificação de função recuada Nesta terça-feira, 25, durante a décima primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Federação Nacional dos Bancários (Fenaban) foi proposto pelos bancos o acordo por dois anos com reajuste zero com abono de R$ 1.656,22 para esse ano e R$ 2.232,75 para 2021. Também foi […]

PLR rebaixada e gratificação de função recuada

Nesta terça-feira, 25, durante a décima primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Federação Nacional dos Bancários (Fenaban) foi proposto pelos bancos o acordo por dois anos com reajuste zero com abono de R$ 1.656,22 para esse ano e R$ 2.232,75 para 2021. Também foi mantida a proposta de redução da PLR e a redução do percentual da parcela adicional de 2,2% para 2%, que implica em reduzir R$ 500,00 por bancário. Com relação à redução da gratificação de função, os bancos recuaram. 

O comando Nacional orientou a realização de assembleias para o dia 27, próxima quinta-feira. 

Manifestação em redes 
Nesta tarde, uma hora antes do início da reunião, a categoria realizou um tuitaço para pressionar os bancos com a hashtag #QueroPropostaDecente. 

“Estamos em um momento importante da nossa campanha é fundamental a participação das bancárias e bancários nas assembleias e atividades do seu sindicato”, reforça o presidente da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP MS), Jeferson Boava. A Feeb SP MS alerta a todos para estarem em contato com seus sindicatos e saberem como participar das Assembleias e Plenárias e se unirem à mobilização para avançar em uma proposta que não imponha perdas. 

Acompanhe as negociações pelas nossas redes sociais.

facebook.com/BancariosSPMS

instagram.com/FEEB SP-MS

twitter.com/@BancariosSPMS 

Veja como foram as rodadas de negociação anteriores:

> Nona rodada: Fenaban segue com tentativa de retirada de direitos dos bancários

> Oitava rodada: Fenaban apresenta proposta de reajuste zero

> Sétima rodada: Fenaban não apresenta proposta e insiste em retirada de direitos

> Sexta rodada: Fenaban quer reduzir em até 48% a PLR dos bancários

> Quinta rodada: Cláusulas Sociais e Econômicas foram discutidas na quinta mesa negociação entre Comando Nacional e Fenaban

> Quarta rodada: Bancários discutem igualdade e cobram definições da campanha

> Terceira rodada: Bancários não aceitam retirada de direitos tentada pela Fenaban

> Segunda rodada: Segunda rodada de negociação tem defesa do emprego em pauta

> Primeira rodada: Primeira rodada de negociação para a Campanha Nacional debateu o tema Teletrabalho

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados