Fenaban propõe reajuste zero por dois anos

25.08.2020

PLR rebaixada e gratificação de função recuada Nesta terça-feira, 25, durante a décima primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Federação Nacional dos Bancários (Fenaban) foi proposto pelos bancos o acordo por dois anos com reajuste zero com abono de R$ 1.656,22 para esse ano e R$ 2.232,75 para 2021. Também foi […]

PLR rebaixada e gratificação de função recuada

Nesta terça-feira, 25, durante a décima primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Federação Nacional dos Bancários (Fenaban) foi proposto pelos bancos o acordo por dois anos com reajuste zero com abono de R$ 1.656,22 para esse ano e R$ 2.232,75 para 2021. Também foi mantida a proposta de redução da PLR e a redução do percentual da parcela adicional de 2,2% para 2%, que implica em reduzir R$ 500,00 por bancário. Com relação à redução da gratificação de função, os bancos recuaram. 

O comando Nacional orientou a realização de assembleias para o dia 27, próxima quinta-feira. 

Manifestação em redes 
Nesta tarde, uma hora antes do início da reunião, a categoria realizou um tuitaço para pressionar os bancos com a hashtag #QueroPropostaDecente. 

“Estamos em um momento importante da nossa campanha é fundamental a participação das bancárias e bancários nas assembleias e atividades do seu sindicato”, reforça o presidente da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP MS), Jeferson Boava. A Feeb SP MS alerta a todos para estarem em contato com seus sindicatos e saberem como participar das Assembleias e Plenárias e se unirem à mobilização para avançar em uma proposta que não imponha perdas. 

Acompanhe as negociações pelas nossas redes sociais.

facebook.com/BancariosSPMS

instagram.com/FEEB SP-MS

twitter.com/@BancariosSPMS 

Veja como foram as rodadas de negociação anteriores:

> Nona rodada: Fenaban segue com tentativa de retirada de direitos dos bancários

> Oitava rodada: Fenaban apresenta proposta de reajuste zero

> Sétima rodada: Fenaban não apresenta proposta e insiste em retirada de direitos

> Sexta rodada: Fenaban quer reduzir em até 48% a PLR dos bancários

> Quinta rodada: Cláusulas Sociais e Econômicas foram discutidas na quinta mesa negociação entre Comando Nacional e Fenaban

> Quarta rodada: Bancários discutem igualdade e cobram definições da campanha

> Terceira rodada: Bancários não aceitam retirada de direitos tentada pela Fenaban

> Segunda rodada: Segunda rodada de negociação tem defesa do emprego em pauta

> Primeira rodada: Primeira rodada de negociação para a Campanha Nacional debateu o tema Teletrabalho

Notícias Relacionadas

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

CEE Caixa realiza nova rodada de negociações focada em diversidade e igualdade de oportunidades

Além de diversidade e igualdade, foram discutidos temas como FUNCEF, escala de férias, telefone celular e escola inclusiva A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal conduziu nesta sexta-feira (19) mais uma mesa de negociação para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da instituição. O tema central da discussão […]

Leia mais

Sindicatos filiados