Funcionários do BB entregam pauta de reinvindicações à Cassi

28.07.2022

Trabalhadores pedem recomposição da lista de medicamentos do PAF, ampliação do PCMSO e posicionamento do BB e Cassi sobre déficits A Comissão Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) entregou ontem (27) a pauta específica de reivindicações à direção da Cassi, como parte das negociações da Campanha Nacional 2022. O documento foi elaborado coletivamente […]

Trabalhadores pedem recomposição da lista de medicamentos do PAF, ampliação do PCMSO e posicionamento do BB e Cassi sobre déficits

A Comissão Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) entregou ontem (27) a pauta específica de reivindicações à direção da Cassi, como parte das negociações da Campanha Nacional 2022. O documento foi elaborado coletivamente e aprovado durante o 33º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, realizado em junho.

Também nesta quarta-feira, a CEBB enviaram ao presidente da Caixa de Assistência dos Funcionários, Clovis de Castro Júnior, um ofício pedindo transparência e o retorno da publicação mensal dos resultados por planos da entidade.

Conforme demonstrado na matéria publicada nesta manhã, o Plano Associados da Cassi acumula, no primeiro quadrimestre de 2022, déficits operacional e líquido de R$ 118 milhões e R$ 567 mil, respectivamente, com projeção para o ano de R$ 250 milhões negativos, o que levará ao consumo de reservas da Cassi.

PAF e PCMSO
Os representantes dos trabalhadores reivindicam também a ampliação da lista de medicamentos do Programa de Assistência Farmacêutica (PAF) e do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

Nova regra da ANS
Os trabalhadores do BB também solicitam à entidade um posicionamento sobre nova regra da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que passa a valer a partir de 1º de agosto, determinando que os planos não poderão mais limitar o número de consultas e sessões com psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas.

Com informações: Contraf Cut

Notícias Relacionadas

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Financiários cobram igualdade salarial e de oportunidades para mulheres e negros no setor

Com base em levantamento do Dieese, trabalhadores e trabalhadoras mostraram distorções salariais de gênero e raça Representantes dos financiários, no movimento sindical, se reuniram, nesta sexta-feira (12), com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), para cobrar igualdade de oportunidades no setor. O encontro faz parte das negociações da Campanha Nacional […]

Leia mais

Nota da Feeb SP/MS sobre a destituição de gerentes da Caixa Asset

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) manifesta sua profunda preocupação com a recente destituição de três gerentes da Caixa Asset, subsidiária da Caixa Econômica Federal responsável pela gestão de ativos. Esses gerentes foram removidos de seus cargos após recusarem-se a aprovar uma operação de […]

Leia mais

Sindicatos filiados