Funcionários do Santander param hoje em Campinas e exigem novas contratações

11.04.2013

Os funcionários lotados na Superintendência Regional (SPI Centro-Sul) e agência Barão de Itapura, instaladas em Campinas, paralisaram os serviços hoje (11/04), Dia Nacional de Luta, no período das 7h às 11h, para exigir melhores condições de trabalho. Entre as reivindicações, novas contratações, fim das metas abusivas, combate ao assédio moral, segurança, igualdade de oportunidades e […]

Os funcionários lotados na Superintendência Regional (SPI Centro-Sul) e agência Barão de Itapura, instaladas em Campinas, paralisaram os serviços hoje (11/04), Dia Nacional de Luta, no período das 7h às 11h, para exigir melhores condições de trabalho. Entre as reivindicações, novas contratações, fim das metas abusivas, combate ao assédio moral, segurança, igualdade de oportunidades e valorização dos aposentados. Durante a jornada de luta os diretores do Sindicato distribuíram a carta aberta intitulada “Santander: Falta de funcionários piora atendimento aos clientes”, editada pela Contraf. No documento, as entidades sindicais pedem apoio aos clientes; inclusive solicitam que sejam enviadas mensagens aos presidentes do Banco na Espanha e no Brasil.

Para o diretor do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, também representante da Federação dos Bancários de SP e MM (Feeb-SP/MS) na Comissão de Organização dos Empregados (COE), Cristiano Meibach, mesmo com alta lucratividade no Brasil – R$ 6,3 bilhões em 2012, o que representa 26% do lucro mundial -, o Santander promoveu recentemente demissões no Brasil. “O que não ocorreu na Espanha, apesar da crise econômica europeia”. Segundo ele, a falta de pessoal, claro, tem gerado sobrecarga de trabalho. “O que impacta negativamente no atendimento, na saúde do trabalhador bancário. Sem falar na intensa cobrança de metas. O Dia de Luta retoma a mobilização nacional e visa pressionar o Santander não apenas a fazer novas contratações, mas também negociar com seriedade. Nas últimas rodadas de negociação o banco espanhol tem insistido em dizer não às reivindicações apresentadas”, avalia Cristiano Meibach.

Notícias Relacionadas

Eleições Economus – Ainda dá tempo de votar!

Passamos da metade do período do pleito, que vai eleger dois membros ao conselho deliberativo e um membro ao conselho fiscal do Economus. Até esta sexta-feira (19), 28% dos eleitores haviam exercido o direito ao voto. A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB SP/MS) e seus sindicatos […]

Leia mais

Banco do Brasil aprova atualização da Tabela PIP para beneficiar trabalhadores do Previ Futuro

Mudança na Pontuação Individual do Participante permite aumento na contribuição adicional e soma mais recursos para a aposentadoria, atendendo a antiga reivindicação dos funcionários O Banco do Brasil aprovou as mudanças na Tabela PIP (Pontuação Individual do Participante), uma reivindicação antiga dos trabalhadores, que permitirá aumentar a contribuição adicional para a aposentadoria. O anúncio foi […]

Leia mais

Eleições da Funcef: votação segue até sexta-feira (19)

Participantes da ativa e assistidos dos planos de previdência podem votar até sexta-feira (19), mas a orientação é não deixar para a última hora Teve início nesta terça-feira (16), a votação para as Eleições Funcef. Participantes dos planos de previdência da Funcef podem votar para definir quem vai ocupar a diretoria de Administração e Controladoria, […]

Leia mais

Sindicatos filiados