Gerência Regional do Trabalho e Emprego faz reunião de mediação entre o sindicato de Franca e o Mercantil do Brasil

17.03.2016

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (17/03) reunião de mediação entre o sindicato dos bancários de Franca e o banco Mercantil do Brasil. A reunião foi realizada a pedido do sindicato, em virtude dos problemas relacionados a atendimento e segurança detectados na agência Franca. A reunião foi mediada por Sandro Luís Fernandes, sendo que o sindicato […]

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (17/03) reunião de mediação entre o sindicato dos bancários de Franca e o banco Mercantil do Brasil. A reunião foi realizada a pedido do sindicato, em virtude dos problemas relacionados a atendimento e segurança detectados na agência Franca.

A reunião foi mediada por Sandro Luís Fernandes, sendo que o sindicato foi representado pelos diretores Adenilson Guiraldelli, Daniel Sari e Célia Damas. José Mário Mourão Bahia e Patrícia Gontijo Cardoso Linhares representaram o banco.

No início da reunião o sindicato destacou os problemas que funcionário e clientes têm enfrentado na agência:

Falta de funcionários: O número de funcionários da agência é insuficiente para atender a grande demanda de serviços, já que um expressivo número de beneficiários do INSS recebem seus proventos na unidade. Em virtude disso, os funcionários estão com acúmulo de serviço, gerando extrapolação de jornada de trabalho e em alguns casos até adoecimentos.

Segurança: O abastecimento dos caixas eletrônicos é outro grave problema, pois o serviço é feito pela parte frontal do equipamento.

Segundo os representantes do banco, estudos de engenharia estão sendo feitos para viabilizar a ampliação da área de caixa com modificação ou substituição dos equipamentos, além da aquisição de novas máquinas, já com o abastecimento pela parte interna do banco, com acesso exclusivo a funcionários. O prazo para entrega da obra é de cinco meses.

Sobre o atendimento, o banco afirmou que serão contratados dois novos funcionários, sendo que um já foi selecionado e começará a trabalhar nos próximos dias. Ainda de acordo com o banco, outras medidas estão sendo estudadas para melhorar o atendimento ao público e consequentemente oferecer melhores condições de trabalho e segurança aos funcionários.

“Vamos acompanhar atentamente as ações que foram propostas pelo banco e o prazo para conclusão da obra na agência”, afirmou o diretor do sindicato e funcionário do Mercantil do Brasil Adenilson Guiraldelli.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Franca e Região

 

Notícias Relacionadas

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

CEE Caixa realiza nova rodada de negociações focada em diversidade e igualdade de oportunidades

Além de diversidade e igualdade, foram discutidos temas como FUNCEF, escala de férias, telefone celular e escola inclusiva A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal conduziu nesta sexta-feira (19) mais uma mesa de negociação para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da instituição. O tema central da discussão […]

Leia mais

Sindicatos filiados