GT Saúde Caixa: Banco projeta custos maiores que consultoria e representantes dos empregados seguem cobrando informações

21.06.2021

Apesar das divergências de dados, tratativas seguem na próxima terça-feira (22) Com a permanência do impasse sobre os custos do Saúde Caixa, projetados pelo banco para o próximo exercício, representantes dos empregados no GT sugeriram que fossem analisados modelos baseados nos cálculos do banco, assim como o modelo apresentado pela Consultoria atuarial, que assessora os […]

Apesar das divergências de dados, tratativas seguem na próxima terça-feira (22)

Com a permanência do impasse sobre os custos do Saúde Caixa, projetados pelo banco para o próximo exercício, representantes dos empregados no GT sugeriram que fossem analisados modelos baseados nos cálculos do banco, assim como o modelo apresentado pela Consultoria atuarial, que assessora os representantes dos empregados.

A medida foi apresentada durante a última reunião do GT com intuito de dar sequência às tratativas na busca do melhor formato de custeio do plano, e deve ser aplicado a partir de 2022.

Até então, os valores apresentados pela Caixa são superiores aos que constam no relatório da consultoria atuarial.

Além de apresentar valores menores que os da instituição a assessoria dos representantes dos empregados aponta para a necessidade de melhorias da gestão do plano como forma de reduzir os custos.

A representante da FEEB-SP/MS no GT, Lilian Minchin, afirma que as divergências de informações entre o banco e a assessoria atuarial podem superestimar as projeções e lembra do compromisso de prestar informações, assumido pelo banco durante a Campanha Salarial. "É fundamental que as informações sejam equivalentes e a assessoria atuarial disponha dos mesmos dados por meio dos quais a instituição realizou as projeções. Números superestimados podem induzir a erro e inviabilizar as propostas. Além disso, a Caixa precisa cumprir o que ficou combinado na Campanha Salarial e prestar todas as informações necessárias", afirma.

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados