GT Saúde Caixa: Banco projeta custos maiores que consultoria e representantes dos empregados seguem cobrando informações

21.06.2021

Apesar das divergências de dados, tratativas seguem na próxima terça-feira (22) Com a permanência do impasse sobre os custos do Saúde Caixa, projetados pelo banco para o próximo exercício, representantes dos empregados no GT sugeriram que fossem analisados modelos baseados nos cálculos do banco, assim como o modelo apresentado pela Consultoria atuarial, que assessora os […]

Apesar das divergências de dados, tratativas seguem na próxima terça-feira (22)

Com a permanência do impasse sobre os custos do Saúde Caixa, projetados pelo banco para o próximo exercício, representantes dos empregados no GT sugeriram que fossem analisados modelos baseados nos cálculos do banco, assim como o modelo apresentado pela Consultoria atuarial, que assessora os representantes dos empregados.

A medida foi apresentada durante a última reunião do GT com intuito de dar sequência às tratativas na busca do melhor formato de custeio do plano, e deve ser aplicado a partir de 2022.

Até então, os valores apresentados pela Caixa são superiores aos que constam no relatório da consultoria atuarial.

Além de apresentar valores menores que os da instituição a assessoria dos representantes dos empregados aponta para a necessidade de melhorias da gestão do plano como forma de reduzir os custos.

A representante da FEEB-SP/MS no GT, Lilian Minchin, afirma que as divergências de informações entre o banco e a assessoria atuarial podem superestimar as projeções e lembra do compromisso de prestar informações, assumido pelo banco durante a Campanha Salarial. "É fundamental que as informações sejam equivalentes e a assessoria atuarial disponha dos mesmos dados por meio dos quais a instituição realizou as projeções. Números superestimados podem induzir a erro e inviabilizar as propostas. Além disso, a Caixa precisa cumprir o que ficou combinado na Campanha Salarial e prestar todas as informações necessárias", afirma.

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados