Mesa sobre ascensão profissional no Banco do Brasil apresenta avanços

07.07.2016

Após três rodadas de negociação, a mesa de Ascensão Profissional entre os sindicatos e o Banco do Brasil apresentou avanços nos processos seletivos internos; a última rodada ocorreu na última terça-feira (5). Entre os temas discutidos, ascensão, encarreiramento e, sobretudo, a efetividade, transparência e melhoria nos critérios dos processos seletivos em todas as unidades do […]


Após três rodadas de negociação, a mesa de Ascensão Profissional entre os sindicatos e o Banco do Brasil apresentou avanços nos processos seletivos internos; a última rodada ocorreu na última terça-feira (5). Entre os temas discutidos, ascensão, encarreiramento e, sobretudo, a efetividade, transparência e melhoria nos critérios dos processos seletivos em todas as unidades do BB.

Os representantes dos funcionários cobraram os feedbacks aos concorrentes em todas as seleções internas, inclusive aquelas feitas na própria unidade, possibilitando assim maior transparência e melhoria na qualificação dos não selecionados em futuras oportunidades de ascensão. A questão de gênero foi bastante discutida, com ênfase na ascensão profissional das mulheres dentro da instituição.

Propostas apresentadas:

– Prazo de 180 dias para segunda nomeação na mesma dependência, evitando assim transferências para ascensão fora dos critérios.
– Tempo mínimo para nomeação após abertura do processo: 2 dias úteis; exceto reestruturação.
– Migração do TAO para plataforma WEB: 2017.
– Painel de ascensão com as vagas disponíveis.
– Revisão das certificações e correspondentes pontuações.
– Propostas específicas para Pessoas com Deficiência (PCD), tais como flexibilidade de prazo e prioridade no sistema para movimentação, desde que a necessidade seja referendada pelo SESMT.
– Mapeamento do perfil da população PCD.
– Processos seletivos com consultoria da Gepes para as maiores unidades.
– Ação afirmativa de gênero; aumento em 10% na proporcionalidade do número de inscritas para primeira investidura.
– Curso de entrevista de seleção para capacitação de gestores.

Avaliação

Para Deborah Negrão de Campos, que participou da mesa como representante da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS), “o debate durante três rodadas caracterizou-se em avanços que envolvem o processo seletivo, com aperfeiçoamento, ajustes e modernização do TAO. Entendemos que o tema sobre ascensão profissional deva ser constantemente debatido e aperfeiçoado, pois é um ponto central na vida laboral dos funcionários. A transparência nos processos, a divulgação ampla das oportunidades, com regras claras e o devido feedbacks aos candidatos compõem alguns dos anseios dos funcionários”.

Após a apresentação das propostas, houve novos debates com sugestões a serem incluídas no relatório final da mesa temática, a ser disponibilizado em breve.

Foto: Mesa de negociação permanente. (Guina Ferraz)

Leia também

Mesa analisa dados dos exames periódicos dos funcionários do BB

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quarta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados