Orgulho LGBTQIAP+ é sinônimo de luta

28.06.2023

No dia 28 de junho ocorrem celebrações em todo o mundo, mas também atos de reafirmação e fortalecimento de luta da comunidade Nesta quarta-feira, 28 de junho, o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ é marcado por celebrações. Mas, a data é também uma ocasião para a reafirmação da luta e de reflexão sobre os direitos […]

No dia 28 de junho ocorrem celebrações em todo o mundo, mas também atos de reafirmação e fortalecimento de luta da comunidade

Nesta quarta-feira, 28 de junho, o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ é marcado por celebrações. Mas, a data é também uma ocasião para a reafirmação da luta e de reflexão sobre os direitos entre as pessoas em qualquer situação, o respeito à diversidade e o combate a toda forma de discriminação.

A LGBTfobia, também referida como homofobia, é a discriminação, aversão, ódio ou ato de agressão, pela crença preconceituosa de inferioridade das pessoas LGBTQIAP+ em relação à chamada heteronormatividade, ou a forma de pensar que marginaliza os relacionamentos afetivos que não sejam heterossexuais.

É crime

A LGBTfobia foi responsável por 273 mortes no Brasil em 2022, segundo Dossiê de Mortes e Violências contra LGBTI+, pesquisa preparada anualmente pelo Observatório de Mortes e Violências LGBTI+. Foram 228 assassinatos, 30 suicídios e 15 óbitos por outras causas.

As entidades ligadas à comunidade LGBTQIAP+ orientam todos a denunciar qualquer crime por discriminação ou agressão contra vulneráveis. Um dos caminhos é o disque 100, do Governo Federal.

Várias organizações também possuem canais de atendimento e orientação a vítimas de toda forma de violência, como o Grupo Gay da Bahia, a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) e a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT).

Mapa da cidadania

A ABGLT mantém o Mapa da Cidadania, com um conjunto de orientações e informações sobre serviços, ferramentas jurídicas e órgãos de apoio à diversidade sexual e de gênero em todo Brasil. O mapa é organizado, objetivo e fácil de usar: basta acessar o hiperlink deste parágrafo e clicar no nome do estado do qual quer informações.

Rebelião de Stonewall Inn

O Dia do Orgulho LGBTQIA+, em 28 de junho, nasceu num ato de resistência à repressão em 1969, no bairro Greenwich Village, de Nova York, que é marcado pela convivência pacífica de diversidades étnica e sexual. O bar Stonewall Inn, voltado à comunidade LGBTQIA+, passava por uma inspeção policial, na qual 13 pessoas foram detidas.

Quando uma mulher foi agredida e pediu socorro, pessoas que circulavam pela região juntaram-se para defendê-la. A reação popular cresceu, e os policiais tiveram que se refugiar dentro do bar, até a chegada de reforço das forças de segurança.

As manifestações contra a perseguição policial e a discriminação generalizada contra a comunidade LGBTQIAP+ mobilizaram milhares de pessoas, cresceram e seguiram na cidade por cinco dias. O episódio ficou conhecido como Rebelião de Stonewall Inn.

Fonte: Contraf Cut

Notícias Relacionadas

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

CEE Caixa realiza nova rodada de negociações focada em diversidade e igualdade de oportunidades

Além de diversidade e igualdade, foram discutidos temas como FUNCEF, escala de férias, telefone celular e escola inclusiva A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal conduziu nesta sexta-feira (19) mais uma mesa de negociação para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da instituição. O tema central da discussão […]

Leia mais

Sindicatos filiados