Piracicaba: Sindicato dos Bancários promove seminário sobre inclusão nas agências bancárias

12.07.2016

No mês em que a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI – Lei 13.146/15) completou um ano, o Sindicato dos Bancários de Piracicaba (SindBan), em parceria com o mandato do vereador José Antonio Fernandes Paiva (PT), promove no dia 20 de julho, quarta-feira, às 19h30, o Seminário Inclusão nas Agências Bancárias: Legislação […]


No mês em que a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI – Lei 13.146/15) completou um ano, o Sindicato dos Bancários de Piracicaba (SindBan), em parceria com o mandato do vereador José Antonio Fernandes Paiva (PT), promove no dia 20 de julho, quarta-feira, às 19h30, o Seminário Inclusão nas Agências Bancárias: Legislação e Acessibilidade, no Salão Nobre “Helly de Campos Melges”, na Câmara de Vereadores.

O evento tem como o objetivo evidenciar as políticas públicas municipais no sistema financeiro de Piracicaba, voltadas às pessoas com deficiência (Pcds). Na ocasião, será divulgado o resultado do Projeto Bancário Eficiente, mapeamento inédito sobre inclusão e acessibilidade nas agências bancárias da cidade; e apresentado painel das legislações vigentes.

A presidenta em exercício do sindicato, Angela Ulices Savian, ressalta que a luta pela inclusão e acessibilidade é reivindicação constante do movimento sindical. “Em nossas mesas de negociação com os bancos, temos cobrado que se cumpra a legislação existente. Lutamos por melhores condições de trabalho, para que preconceitos sejam quebrados e a inclusão não fique apenas no papel.”

Bancário Eficiente – De autoria dos diretores da Secretaria de Assuntos para Pessoas com Deficiência do SindBan, Letícia Françoso e César Nascimento, o projeto teve início no final do mês de março e percorreu 67 agências bancárias da cidade.

Segundo o diretor César, além de verificar se os prédios atendiam às leis vigentes, procurou-se ouvir as dificuldades do dia a dia enfrentadas pelos bancários Pcds e tentar construir com os bancos, inclusão que seja realmente efetiva.

“Muitos Pcds, ou pessoas com mobilidade reduzida, não frequentam os bancos, pois os mesmos, em sua maioria, não oferecem acesso adequado. Além disso, os serviços oferecidos também não atendem às necessidades dos deficientes, desrespeitando as leis municipais e federais vigentes,” conta o diretor.

A diretora Letícia explica que não há inclusão sem acessibilidade. “Notamos que os bancários Pcds se adaptam às condições de trabalho que lhes apresentam, pois do contrário, não permaneceriam no emprego. Muitas vezes, não se sentem contemplados.”

Letícia afirma também, devido à falta de acessibilidade correta para o desempenho da função, o Pcd entra com uma deficiência e acaba adquirindo outros tipos de deficiência. “Há casos de inclusão muito bem sucedidos, mas são poucos,” acrescenta.
Iniciativas municipais – De autoria do vereador Paiva, entre 2010 e 2011 foram promulgadas três leis de acessibilidade bancária. A Lei Municipal: 6754/2010 prevê o alcance de deficientes físicos aos serviços com a redução da altura dos caixas eletrônicos. Nesse mesmo ano, a Lei nº 6834, que amplia os serviços especializados em braile e em áudio, possibilitando o acesso dos deficientes visuais as informações e serviços. Já em 2011, a Lei Municipal nº 7150, que obriga os bancos a disponibilizar cadeiras de rodas, para que os idosos e deficientes físicos possam se locomover dentro da agência.

De acordo com o vereador e presidente licenciado da entidade dos bancários, a questão da inclusão de pessoas com deficiência em todos os recursos da sociedade ainda é muito incipiente no Brasil. “Por meio de políticas públicas, é que podemos mudar essa realidade, criando mecanismos para que sejam oferecidas condições de forma igualitária para toda a população. ”

Fonte: Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região

 

Notícias Relacionadas

Proposta sobre Teletrabalho vai avançar

Reivindicações da categoria avançam nas negociações sobre trabalho remoto, mas Comando dos Bancários cobra agilidade na resposta sobre a proposta global A proposta da categoria bancária para o trabalho remoto avançou nas negociações realizadas na tarde desta quinta-feira (11) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). “Tivemos evolução no Teletrabalho que se torna cláusula da […]

Leia mais

Caixa se nega a criar GT para discutir contencioso da Funcef

Banco avalia que o tema já é tratado pela própria fundação de previdência dos trabalhadores Em reunião de negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, realizada nesta quarta-feira (10), com a Comissão Executiva dos Empregados (CEE), a Caixa Econômica Federação se negou a atender a reivindicação para que seja criado um grupo de trabalho (GT) […]

Leia mais

Atos pela democracia ocorrem em todo o País e reafirmam o compromisso contra o autoritarismo

Data de 11 de agosto marca a leitura de um manifesto contra ditadura militar em 1977 Brasileiros de inúmeras regiões do País realizaram nesta quinta-feira (11), atos em defesa do estado democrático de direito. Milhares de entidades representativas foram às ruas manifestar a defesa pela garantia da democracia e do sistema eleitoral eletrônico. A data […]

Leia mais

Sindicatos filiados