Proposta da Fenaban não contempla expectativa dos bancários

29.08.2016

Frustração. Esse é a palavra que define o sentimento dos representantes dos trabalhadores da categoria bancária, diante da proposta apresentada na manhã desta segunda-feira (29), pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), durante reunião de negociação ocorrida no Hotel Maksoud, em São Paulo. A proposta apresentada pela Fenaban, que prevê um índice de 6,5% para salários […]


Frustração. Esse é a palavra que define o sentimento dos representantes dos trabalhadores da categoria bancária, diante da proposta apresentada na manhã desta segunda-feira (29), pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), durante reunião de negociação ocorrida no Hotel Maksoud, em São Paulo.

A proposta apresentada pela Fenaban, que prevê um índice de 6,5% para salários e vales e demais verbas, mais abono de R$3 mil, mantendo modelo de PLR do ano passado, abrange apenas algumas cláusulas econômicas, mas não avança nas sociais. Os eixos Emprego, saúde e condições de trabalho, segurança e igualdade de oportunidades, que são prioridades da minuta para contemplar as necessidades dos trabalhadores, continuam sendo ignorados pelos bancos.

“A proposta apresentada pela Fenaban não atendeu a categoria sequer na reposição da inflação e ainda não trouxe nenhum outro avanço na pauta de reivindicações. Importante destacar que com a previsão da inflação de 9,55% no período, essa proposta nos impõe uma perda de 2,80% na recomposição do nosso salário”, avalia Jeferson Boava, vice-presidente da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS).

Cobrada sobre os temas não apresentados, os bancos se comprometeram a debater sobre os pontos negligenciados, amanhã (30), às 14h.

Assembleias 

Diante desta situação, a Federação orienta os sindicatos a submeter a proposta apresentada em assembleia até o dia 02 de setembro com indicativo de greve a partir das 0h00 do dia 06.
 

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quarta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados