Representantes da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul se reúnem com Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região

16.08.2023

Objetivo é dar velocidade e uma melhor resolução aos dos processos trabalhistas dos bancários A diretoria da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do sul (Feeb SP/MS), esteve ontem, 15 de agosto, reunida no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, para tratar de ações judiciais entre bancários […]

Objetivo é dar velocidade e uma melhor resolução aos dos processos trabalhistas dos bancários

A diretoria da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do sul (Feeb SP/MS), esteve ontem, 15 de agosto, reunida no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, para tratar de ações judiciais entre bancários e bancos. O objetivo da conversa foi expor as situações dos sindicatos, ouvir os desembargadores e buscar medidas para dar mais celeridade aos processos trabalhistas.

Participaram da reunião o presidente da Feeb SP/MS, David Zaia, o secretário geral, Reginaldo Breda, os presidentes dos sindicatos dos Bancários de Andradina, Araçatuba, Campinas, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Sorocaba e Tupã. Os representantes dos trabalhadores foram ouvidos pelo presidente Samuel Hugo Lima, acompanhado do vice-presidente judicial, João Alberto Alves Machado, do desembargador Fábio Bueno de Aguiar, membro da NUPEMEC, do juiz, Dr. Guilherme Guimaraes Feliciano e do desembargador Dr. Wilton Borba Canicoba.

“Foi um excelente debate, voltado para a discussão das possibilidades de conciliação, com abertura para ouvir os trabalhadores e representantes, visando não só uma maior celeridade nos processos judiciais, como também mais qualidade nos resultados”, explica David Zaia, presidente da Feeb SP/MS.

Cada sindicato, junto de seu departamento jurídico, fará um levantamento das situações regionais para dar andamento à resolução dos processos. “O próximo passo é trabalhar concretamente com as possibilidades de fazer acordo para que se resolva rápido cada uma as situações. Para isso, os sindicatos e seus departamentos jurídicos trabalharão nestas questões, para que se desdobrem da melhor forma”, destaca o presidente.

Durante a reunião, Zaia entregou um exemplar da Convenção Coletiva de Tabalho (CCT) ao presidente do TRT e enfatizou, “Nossa convenção é robusta, completa e voltada para a garantia dos direitos do trabalhador”.

Fotos: Eder Santana

Notícias Relacionadas

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

CEE Caixa realiza nova rodada de negociações focada em diversidade e igualdade de oportunidades

Além de diversidade e igualdade, foram discutidos temas como FUNCEF, escala de férias, telefone celular e escola inclusiva A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal conduziu nesta sexta-feira (19) mais uma mesa de negociação para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da instituição. O tema central da discussão […]

Leia mais

Sindicatos filiados