Representantes dos trabalhadores se reúnem com presidente do BB, Paulo Cafarelli para entrega da minuta específica

11.08.2016

A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS), juntamente com as demais entidades de representação dos trabalhadores do Banco do Brasil (BB) de diversas partes do país, entregou na tarde desta quinta (11), a minuta específica de reivindicações dos funcionários do banco. O documento foi recebido pelo presidente da instituição, […]


A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS), juntamente com as demais entidades de representação dos trabalhadores do Banco do Brasil (BB) de diversas partes do país, entregou na tarde desta quinta (11), a minuta específica de reivindicações dos funcionários do banco. O documento foi recebido pelo presidente da instituição, Paulo Cafarelli e pelo vice-presidente de Varejo e Gestão de Pessoas, Paulo Ricci.

Paulo Cafarelli, que se comprometeu a manter o respeito nas negociações e um canal de diálogo constante com os representantes dos trabalhadores, que por sua vez, ressaltaram a necessidade de atenção especial para temas, como a defesa dos bancos públicos, por sua grande importância social, desempenhando importante papel na concessão de crédito à população, entre outros aspectos; do da manutenção do modelo de negociação, com mesa única e temas específicos concomitantes às reuniões com a Fenaban, a expansão das agências digitais e seus impactos, como a redução de postos de trabalho e as condições de trabalho nos locais onde os bancários desse segmento irão atuar; a sustentabilidade da Cassi, valorização do piso, PCR (Plano de Carreira e Remuneração) e interstícios, a situação do Economus e também no que diz respeito às reestruturações.

Também, reajuste de 14,78%, fim do assédio moral e das metas abusivas e respeito à jornada de trabalho são algumas das principais reivindicações dos trabalhadores do BB.
“Entregamos a minuta pessoalmente ao presidente do Banco do Brasil e esperamos que resulte numa negociação positiva em favor dos trabalhadores do banco”, declarou o vice-presidente da FEEB-SP/MS, Jeferson Boava, que representou a entidade na mesa e também é membro da CEBB (Comissão de Empregados do Banco do Brasil).

A minuta de reinvindicações específica dos funcionários do Banco do Brasil foi aprovada no 27º CNFBB – Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, realizado entre os dias 17 e 19 de junho deste ano e assim como as minutas entregues à Fenaban e à Caixa Econômica Federal na última terça-feira (09), são fruto de longo processo de construção que envolveu consulta aos bancários do país inteiro, incluindo a base da Federação e intenso debate sobre a conjuntura, a minuta anterior e as condições de trabalho dos bancários e bancárias do BB para definir as prioridades para a Campanha Nacional deste ano.

Calendário

O cronograma de negociação será confirmado de acordo com o calendário de reuniões estabelecidas com a Fenaban.

 

Notícias Relacionadas

Após repercussão das denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pede demissão

Testemunhos das vítimas vieram a público na terça-feira (28) e assustam pela quantidade de casos e pelo grau de desrespeito e crueldade; Ministério Público investiga em sigilo O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, entregou seu pedido de demissão na tarde desta quarta-feira (29) ao presidente da república, Jair Bolsonaro. A decisão foi tomada […]

Leia mais

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL Pelo imediato afastamento de Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, e o acolhimento e preservação das vítimas Nós, bancárias de todo o Brasil, manifestamos nossa indignação pelos atos de assédio sexual praticados por Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, que ganharam repercussão na noite de desta terça-feira, 28/06/2022, ao serem divulgados […]

Leia mais

Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul repudia ações de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual

Além de apuração das denúncias, representação dos empregados pede afastamento do presidente da Caixa Após se tornar pública a acusação de assédio sexual feita por diferentes empregadas da Caixa Econômica Federal ao presidente Pedro Duarte Guimarães, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, se solidariza com as vítimas e manifesta […]

Leia mais

Sindicatos filiados