Santander lança programa de atendimento para funcionários com Deficiência (PCDs)

20.12.2023

Programa fornece isenção de coparticipação em consultas e exames agendados O banco Santander lançou ontem (19), o “Programa do Seu Jeito”, idealizado para os funcionários com Deficiência (PCDs). A iniciativa contempla todos os funcionários PCDs ativos. Um comunicado foi feito via email com informações direcionadas individualmente para cada funcionário, conforme a especificidade do caso. O […]

Programa fornece isenção de coparticipação em consultas e exames agendados

O banco Santander lançou ontem (19), o “Programa do Seu Jeito”, idealizado para os funcionários com Deficiência (PCDs). A iniciativa contempla todos os funcionários PCDs ativos. Um comunicado foi feito via email com informações direcionadas individualmente para cada funcionário, conforme a especificidade do caso.

O programa prevê atendimento personalizado e tratará de forma assistida cada situação. Os serviços incluem tanto questões ergonômicas, como as voltadas para a saúde diária, incluindo a participação de profissionais de segurança do trabalho, assistentes sociais e outros.

Outra novidade informada é que o programa fornecerá isenção de coparticipação em consultas e exames eletivos agendados. Funcionários que aderirem ao programa “total pass”, contarão com isenção de três meses. O objetivo é incentivar a prática de exercícios físicos. Os benefícios são válidos a partir da data de inscrição.

De acordo com a representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Letícia Françoso, o programa não acarreta prejuízo aos funcionários, ao contrário, busca prestar um serviço de acompanhamento da inclusão e o dia a dia da agência, suas dificuldades, bem como entender os recursos necessários para que o funcionário possa desenvolver suas funções sem barreiras. “Durante o programa o funcionário só deve atender às ligações da equipe multidisciplinar que realizará todo o processo de atendimento”, explica Letícia.

Para a representante, essa é também uma das formas do banco mapear a inclusão. “Vemos muitos profissionais se deslocarem no mercado de trabalho muitas vezes por não encontrar adequação no ambiente de trabalho. Nem sempre as tecnologias assistivas oferecidas atendem a necessidade que o funcionário tem para desempenhar sua função em igualdade com os demais. Precisamos de uma tecnologia assistiva, que promova igualdade para que os funcionários com Deficiência possam ter as mesmas condições de desempenhar suas funções da mesma forma que os demais”, pontua Letícia. “Inclusão é fazer com que o ambiente de trabalho forneça oportunidades de acesso para que as pessoas com deficiência desenvolvam um trabalho de qualidade”, diz.

Notícias Relacionadas

SANTANDER: Banco anuncia avanços em reunião com representantes dos funcionários

Negociações com a COE avança em medidas de benefício e capacitação O Santander anunciou nesta quinta-feira (22), durante a reunião com representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE) Santander, avanços em medidas que beneficiam os funcionários. O encontro ocorreu em formato híbrido e contou com a participação de representantes dos funcionários e do banco. […]

Leia mais

BB prioriza diversidade na expansão das Gepes

Mulheres, negros, indígenas e PcDs terão prioridade no programa que irá dobrar a rede de Gestão de Pessoas O Banco do Brasil anunciou, nesta quarta-feira (21), um programa de expansão da rede de Gestão de Pessoas (Gepes). Durante a reunião com membros da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o banco […]

Leia mais

COE do Bradesco discute reestruturação no banco

 Sindicato expressa preocupação com direção futura da instituição financeira A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco se reuniu na última terça-feira (20), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), em São Paulo, para discutir a reestruturação anunciada pelo novo presidente do banco, Marcelo Noronha, em 7 de fevereiro, sem […]

Leia mais

Sindicatos filiados