Saúde Caixa: Representantes dos trabalhadores encomendam nova pesquisa para avaliar serviços

27.12.2022

Pesquisa encomendada pela Fenae e Apcefs visa ampliar abrangência e contribuir com melhorias para o plano A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e as Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Apcefs) encomendaram uma pesquisa para uma empresa especializada para avaliar os serviços do Saúde Caixa, especialmente em relação […]

Pesquisa encomendada pela Fenae e Apcefs visa ampliar abrangência e contribuir com melhorias para o plano

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e as Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Apcefs) encomendaram uma pesquisa para uma empresa especializada para avaliar os serviços do Saúde Caixa, especialmente em relação à cobertura da rede credenciada e qualidade dos canais de atendimento aos usuários do plano. Podem participar empregados da ativa e aposentados.

A realização da pesquisa é estabelecida pelo Acordo Coletivo de Trabalho, e tem como objetivo avaliar a satisfação dos usuários, identificar problemas e traçar melhorias.

Para responder, clique aqui.

Números

O plano possui, atualmente, quase 140 mil titulares (entre empregados da ativa e aposentados) e conta com aproximadamente 290 mil usuários (incluindo os dependentes inscritos). Apenas 11.331 titulares foram convidados a responder a última pesquisa aplicada pela Caixa e somente 1.809 formulários foram respondidos.

Representantes dos bancos informaram, durante reunião do Grupo de Trabalho sobre o Saúde Caixa, que a pesquisa aplicada pelo banco não obedeceu parâmetros científicos e que, pela falta de tratamento estatístico adequado, não era possível estratificar os dados por segmentos ou por região.

Conforme relatado, a pesquisa de satisfação não possibilitou a identificação real dos problemas, o que impossibilitou a promoção de melhorias. Desta forma, os representantes dos trabalhadores optaram pela realização de uma nova pesquisa, mais ampla e precisa. De acordo com representantes da Apcef/SP, a intenção é buscar uma rede credenciada mais ampla, que atenda empregados de todas as regiões com a prestação de um atendimento mais humano e eficaz.

Fonte: Feeb SP/MS, com informações da Apcef/SP

Notícias Relacionadas

Banco do Brasil se compromete a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024

A garantia foi dada pela direção do banco na terceira mesa de negociação da Campanha Nacional 2024, nesta sexta-feira (12), e tema será tratado durante período de renovação da CCT. O Banco do Brasil se comprometeu a não mexer na gratificação dos caixas durante a Campanha Nacional 2024 e a negociar a pauta durante o […]

Leia mais

Financiários cobram igualdade salarial e de oportunidades para mulheres e negros no setor

Com base em levantamento do Dieese, trabalhadores e trabalhadoras mostraram distorções salariais de gênero e raça Representantes dos financiários, no movimento sindical, se reuniram, nesta sexta-feira (12), com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), para cobrar igualdade de oportunidades no setor. O encontro faz parte das negociações da Campanha Nacional […]

Leia mais

Nota da Feeb SP/MS sobre a destituição de gerentes da Caixa Asset

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) manifesta sua profunda preocupação com a recente destituição de três gerentes da Caixa Asset, subsidiária da Caixa Econômica Federal responsável pela gestão de ativos. Esses gerentes foram removidos de seus cargos após recusarem-se a aprovar uma operação de […]

Leia mais

Sindicatos filiados