Segunda rodada de negociação tem defesa do emprego em pauta

07.08.2020

Fechamento de agências e digitalização fez parte da discussão A segunda rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) teve como pauta a defesa do emprego na categoria. Durante o encontro, que ocorreu por meio de videoconferência, além do descumprimento, por parte de alguns bancos, do acordo firmado durante […]

Fechamento de agências e digitalização fez parte da discussão

A segunda rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) teve como pauta a defesa do emprego na categoria.
Durante o encontro, que ocorreu por meio de videoconferência, além do descumprimento, por parte de alguns bancos, do acordo firmado durante a pandemia para que nenhum profissional fosse demitido, também foi discutido o fechamento das agências e a digitalização.
O Comando Nacional destacou números de fechamento entre os meses de dezembro de 2019 e junho deste ano, que totalizaram 558 agências fechadas no país. Os representantes da Fenaban argumentaram que a pandemia contribuiu para a redução do número de agências; clientes e usuários optaram pelo o atendimento digital. Em resposta, a Fenaban se comprometeu a analisar as propostas do Comando e responder nas próximas rodadas.

“Ao contrário do argumento usado pela Fenaban, a pandemia só reforçou a importância das agências físicas, a exemplo a Caixa, fundamental no cenário de crise com o serviço de pagamento do auxílio emergencial à milhares de cidadãos de baixa renda no país”, explica Jeferson Boava, presidente da Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

 

Demissões
Entre os bancos que não respeitaram o acordo e demitiram durante a pandemia estão o Santander e o Mercantil do Brasil. As demissões do Banco espanhol ultrapassaram 800 funcionários. Já o Mercantil do Brasil dispensou 60 trabalhadores no período.

Calendário de negociação da Campanha Nacional

11 de agosto: saúde e condições de trabalho
13 agosto: igualdade
14 de agosto: cláusulas sociais
18 de agosto: cláusulas econômicas
Acompanhe as principais notícias sobre as negociações nas redes sociais da Feeb SP MS, presente nos canais Facebook, Twitter e Instagram.
Assessoria de Imprensa
 

Notícias Relacionadas

Financiários conquistam proposta com reajustes econômicos e garantias de direitos

Feeb SP/MS indica aceitação da proposta; assembleias devem ser realizadas até segunda-feira (10) Depois de uma negociação que se estendeu por quase três meses, os financiários conquistaram a garantia de todos os direitos da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) por dois anos. Em negociação realizada na manhã desta quarta-feira (5), de forma híbrida, a Federação […]

Leia mais

Financiários se reúnem com a Fenacrefi nesta quarta-feira (5)

Este será o terceiro encontro de negociação desde a entrega da pauta de reivindicações, realizada em 1º de julho Representantes dos financiários se reúnem com a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi), nesta quarta-feira (5), às 11h, para dar continuidade às negociações da Campanha Nacional 2022. Esta será a terceira rodada […]

Leia mais

Feeb SP/MS discute nova terceirização do Santander nesta terça-feira (4)

Nesta terça-feira (4), dirigentes sindicais da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) se reúnem para tratar sobre o tema “Terceirização do Santander”. A expectativa é a de que 1,7 mil empregados passem a atuar na empresa SX Tools, criada pelo próprio banco. O anúncio foi feito […]

Leia mais

Sindicatos filiados