Segurança Bancária: projeto piloto terá renovação de dois anos

06.05.2016

Projeto também será ampliado para todas as agências A reunião da mesa temática da comissão bipartite de Segurança Bancária formada pelo coletivo de mesmo nome e pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), realizada na última quarta-feira (04), discutiu o projeto-piloto de segurança bancária. Durante a reunião ficou definido, que o projeto, implementado nas cidades de […]

Projeto também será ampliado para todas as agências

A reunião da mesa temática da comissão bipartite de Segurança Bancária formada pelo coletivo de mesmo nome e pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), realizada na última quarta-feira (04), discutiu o projeto-piloto de segurança bancária.

Durante a reunião ficou definido, que o projeto, implementado nas cidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes e Olinda, batizado de “Pacto de Recife”, será renovado por mais dois anos e ampliado para todas as agências, sem exceção, incluindo agências de shopping e agências de negócios.

Fenaban e sindicalistas concordam que é necessário estender o projeto-piloto para todo o país, porém, para que isso ocorra é preciso a inclusão de mais itens de segurança.

Sequestro

O tema sequestro também foi abordado e os representantes dos trabalhadores relembraram o caso recente do funcionário do Santander em Pernambuco, demitido por justa causa após ter sido sequestrado e defenderam que em caso de sequestro, o trabalhador, que já está na condição de vítima de violência física e psicológica, em hipótese alguma deverá ser penalizado.

A próxima reunião está prevista para o dia 18 de julho, quando a Fenaban deverá apresentar resposta às propostas do movimento sindical e dados estatísticos do primeiro semestre deste ano.

“A mesa bipartite de segurança bancária é muito importante para colocarmos nossas ideias que vão agregando valores comuns entre as partes, pois precisamos colocar acima de tudo, a vida de bancários, vigilantes, clientes e usuários”, avalia o diretor Danilo Anderson Castilho, que representou a Federação de SP/MS, na mesa temática.

Fonte: Com informações da Contraf-CUT
Foto: Jaílton Garcia
 

Notícias Relacionadas

Proposta sobre Teletrabalho vai avançar

Reivindicações da categoria avançam nas negociações sobre trabalho remoto, mas Comando dos Bancários cobra agilidade na resposta sobre a proposta global A proposta da categoria bancária para o trabalho remoto avançou nas negociações realizadas na tarde desta quinta-feira (11) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). “Tivemos evolução no Teletrabalho que se torna cláusula da […]

Leia mais

Caixa se nega a criar GT para discutir contencioso da Funcef

Banco avalia que o tema já é tratado pela própria fundação de previdência dos trabalhadores Em reunião de negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2022, realizada nesta quarta-feira (10), com a Comissão Executiva dos Empregados (CEE), a Caixa Econômica Federação se negou a atender a reivindicação para que seja criado um grupo de trabalho (GT) […]

Leia mais

Atos pela democracia ocorrem em todo o País e reafirmam o compromisso contra o autoritarismo

Data de 11 de agosto marca a leitura de um manifesto contra ditadura militar em 1977 Brasileiros de inúmeras regiões do País realizaram nesta quinta-feira (11), atos em defesa do estado democrático de direito. Milhares de entidades representativas foram às ruas manifestar a defesa pela garantia da democracia e do sistema eleitoral eletrônico. A data […]

Leia mais

Sindicatos filiados