Segurança Bancária: projeto piloto terá renovação de dois anos

06.05.2016

Projeto também será ampliado para todas as agências A reunião da mesa temática da comissão bipartite de Segurança Bancária formada pelo coletivo de mesmo nome e pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), realizada na última quarta-feira (04), discutiu o projeto-piloto de segurança bancária. Durante a reunião ficou definido, que o projeto, implementado nas cidades de […]

Projeto também será ampliado para todas as agências

A reunião da mesa temática da comissão bipartite de Segurança Bancária formada pelo coletivo de mesmo nome e pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), realizada na última quarta-feira (04), discutiu o projeto-piloto de segurança bancária.

Durante a reunião ficou definido, que o projeto, implementado nas cidades de Recife, Jaboatão dos Guararapes e Olinda, batizado de “Pacto de Recife”, será renovado por mais dois anos e ampliado para todas as agências, sem exceção, incluindo agências de shopping e agências de negócios.

Fenaban e sindicalistas concordam que é necessário estender o projeto-piloto para todo o país, porém, para que isso ocorra é preciso a inclusão de mais itens de segurança.

Sequestro

O tema sequestro também foi abordado e os representantes dos trabalhadores relembraram o caso recente do funcionário do Santander em Pernambuco, demitido por justa causa após ter sido sequestrado e defenderam que em caso de sequestro, o trabalhador, que já está na condição de vítima de violência física e psicológica, em hipótese alguma deverá ser penalizado.

A próxima reunião está prevista para o dia 18 de julho, quando a Fenaban deverá apresentar resposta às propostas do movimento sindical e dados estatísticos do primeiro semestre deste ano.

“A mesa bipartite de segurança bancária é muito importante para colocarmos nossas ideias que vão agregando valores comuns entre as partes, pois precisamos colocar acima de tudo, a vida de bancários, vigilantes, clientes e usuários”, avalia o diretor Danilo Anderson Castilho, que representou a Federação de SP/MS, na mesa temática.

Fonte: Com informações da Contraf-CUT
Foto: Jaílton Garcia
 

Notícias Relacionadas

Semana reforçou a conscientização sobre o combate às LER/Dort

A data chama atenção para duas doenças que têm relação direta com o trabalho e que atingem milhões de brasileiros Nesta semana, no dia 28 de fevereiro (última quarta-feira) foi o Dia Mundial de combate às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). A data foi escolhida pela Organização Internacional […]

Leia mais

COE e Itaú discutem revisões nos programas de remuneração

Durante a reunião foram apresentadas modificações nos programas. O movimento sindical deve elaborar contraproposta em breve  A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú realizou nesta quarta-feira (28), em São Paulo, uma reunião com a direção do banco para debater questões relacionadas à remuneração dos funcionários. Durante o encontro, o banco apresentou alterações nos […]

Leia mais

Trabalhadores discutem futuro da Fundação Itaú-Unibanco

Em seminário promovido pela Contraf-CUT e COE Itaú trabalhadores debateram caminhos para aumentar representatividade na gestão do fundo de pensão Trabalhadoras e trabalhadores associados à Fundação Itaú-Unibanco se reuniram, nesta quinta-feira (29), em um seminário organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú, […]

Leia mais

Sindicatos filiados