Sindicato de Franca e Região protocola pedidos para priorizar bancários nos planos de vacinação contra COVID-19

10.06.2021

Documentos foram encaminhados aos 17 municípios que compõem a base da entidade Franca e Região O Sindicato dos Bancários de Franca entregou nesta semana, para as prefeituras das dezessete cidades que compõem a base da entidade, pedidos para que os bancários de cada município sejam priorizados na vacinação contra a Covid-19. O presidente da entidade, […]

Documentos foram encaminhados aos 17 municípios que compõem a base da entidade

Franca e Região

O Sindicato dos Bancários de Franca entregou nesta semana, para as prefeituras das dezessete cidades que compõem a base da entidade, pedidos para que os bancários de cada município sejam priorizados na vacinação contra a Covid-19.

O presidente da entidade, Edson Santos, argumenta no ofício que a atividade bancária é considera essencial nos termos do Decreto nº 10.282 de 20/03/2020, alterado pelo Decreto nº 10.329 de 28/04/20 e tem por finalidade atender os interesses dos clientes, usuários de serviços e de toda a sociedade.

O dirigente lembra, também, que os bancos não tiveram suas atividades interrompidas em nenhum momento desde a decretação da pandemia do novo coronavírus, o que expôs ainda mais os trabalhadores aos riscos da doença.

Para o secretário-geral da FEEB-SP/MS, Reginaldo Breda, apesar dos riscos enfrentados pelos bancários, a atuação desses trabalhadores foi fundamental para garantir o funcionamento dos programas de transferência de renda, como os auxílios emergenciais. "Desde o início da pandemia, os bancários ficaram na linha de frente, colocando suas vidas e a vida de suas famílias em risco. Uma atividade essencial, que permitiu que milhões de brasileiros pudessem receber o auxílio-emergencial e colocassem comida na mesa. Portanto, a inserção do bancário na relação de prioridade dos planos de imunização é fundamental para a valorização dos importantes serviços prestados, sobretudo, durante a pandemia", completa Breda.

FEEB na luta pela priorização dos bancários

A Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul protocolou, em maio, o ofício que pede a inclusão da categoria no Plano Estadual Imunização.

O documento, apresentado ao governador João Doria e ao secretário da Casa Civil Cauê Macris, aponta a relevância da categoria durante a crise sanitária, ratificada no decreto federal n° 10.329/20, que estabelece os serviços bancários como essenciais.

Notícias Relacionadas

Santander implementa teletrabalho em áreas administrativas

Modalidade é válida para áreas administrativas e contemplam eixo São Paulo e Rio de Janeiro O Santander anunciou que irá implementar o teletrabalho (home office). A modalidade é válida para bancários das áreas administrativas, lotados majoritariamente no eixo São Paulo e Rio de Janeiro, segundo as regras previstas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. As […]

Leia mais

Santander paga PLR e demais adicionais no dia 28 de fevereiro

Representantes da Comissão de Organização de Empregados (COE/Santander) foram informados nesta terça-feira (01), sobre a data de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O valor será creditado no dia 28 deste mês. Junto com a PLR bancárias e bancários do Santander receberão os percentuais do Programa Próprio de Resultados do Santander (PPRS), do […]

Leia mais

Feeb SP/MS monta grupo de trabalho para discutir metas com Banco Itaú

Prazo para organização de grupos de representação se encerrou no último dia 31 Bancários representados pela Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul formalizaram o pedido junto ao banco para montagem de um grupo de trabalho para discussão de metas. De acordo com a cláusula 87 da Convenção Coletiva […]

Leia mais

Sindicatos filiados