Sindicato garante vitória para trabalhadores da Caixa Econômica Federal de Tupã

21.03.2024

Reprodução: Sindicato dos Bancários Tupã Recuperação de Adicional de Caixa resulta em quase R$ 1 milhão em compensação Após uma longa batalha judicial que se estende desde 2017, os funcionários da Caixa Econômica Federal finalmente viram os resultados de suas reivindicações pela recuperação do adicional de caixa. Esta vitória foi possível graças à atuação do […]

Reprodução: Sindicato dos Bancários Tupã

Recuperação de Adicional de Caixa resulta em quase R$ 1 milhão em compensação

Após uma longa batalha judicial que se estende desde 2017, os funcionários da Caixa Econômica Federal finalmente viram os resultados de suas reivindicações pela recuperação do adicional de caixa. Esta vitória foi possível graças à atuação do Sindicato dos Bancários de Tupã e Região, que empreendeu esforços incansáveis em prol dos direitos dos trabalhadores.

Ao longo dos últimos anos, cerca de 27 funcionários da Caixa Econômica Federal, todos da região de Tupã, estiveram envolvidos nessa luta por justiça salarial. O adicional de caixa, um benefício devido a eles por seus serviços prestados, foi negligenciado pela instituição, causando uma lacuna salarial significativa para esses trabalhadores.

Com a decisão favorável, cada funcionário beneficiado receberá uma quantia correspondente ao período em que trabalhou sem receber o adicional de caixa. O valor total da ação foi de R$ 798.245,77, quase atingindo a marca de 1 milhão de reais.

É importante destacar o papel crucial desempenhado pelo Sindicato na condução deste caso. A equipe jurídica sindical não mediu esforços para assegurar que os direitos dos trabalhadores fossem respeitados. A decisão judicial representa não apenas uma conquista para os funcionários da Caixa Econômica Federal, mas também uma demonstração do poder da organização sindical em defender os interesses da classe trabalhadora.

A partir de 2017, quando a ação foi iniciada, a empresa cessou a prática de não pagar o adicional, garantindo que todos os novos funcionários recebessem o benefício de forma regular. No entanto, isso não diminui a importância da compensação para aqueles que foram prejudicados no passado.

“Em um momento em que a valorização do trabalho e o respeito aos direitos trabalhistas são temas essenciais, essa vitória serve como um exemplo inspirador de como a união e a persistência podem trazer mudanças significativas. Os trabalhadores da Caixa Econômica Federal em Tupã receberam sua devida compensação”, disse o Presidente do Sindicato Carlos Roberto Lopes Bueno.

Notícias Relacionadas

Saúde, segurança, metas e violência contra as mulheres pautam reunião das Financeiras

Coletivo Nacional dos Financiários e Acrefi voltam à mesa de negociação pela Campanha Nacional 2024 Na tarde desta sexta-feira (19), o Coletivo Nacional dos Financiários da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realizou mais uma rodada de negociações com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi). A pauta do […]

Leia mais

Quarta mesa de negociação do BB discute diversidade e igualdade de oportunidades

Para Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Banco do Brasil deu sinais de avanços importantes na reunião Na manhã desta sexta-feira (19), em São Paulo, foi realizada a quarta mesa de negociação específica da Campanha Nacional 2024 para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Banco do Brasil. A pauta principal […]

Leia mais

CEE Caixa realiza nova rodada de negociações focada em diversidade e igualdade de oportunidades

Além de diversidade e igualdade, foram discutidos temas como FUNCEF, escala de férias, telefone celular e escola inclusiva A Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa Econômica Federal conduziu nesta sexta-feira (19) mais uma mesa de negociação para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da instituição. O tema central da discussão […]

Leia mais

Sindicatos filiados