Sindicatos da Feeb debatem sobre o tema “Nova Visão Sindical” em seminário promovido pela Contec

08.02.2022

Encontro contou com ampla participação dos sindicatos Nesta terça-feira, dirigentes sindicais dos 23 sindicatos filiados à Federação dos Bancários, participaram do Seminário virtual “Nova Visão Sindical”, promovido pela Contec – Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito. O evento contou com programação de debates e palestras e obteve ampla representação bancária, totalizando a presença […]

Encontro contou com ampla participação dos sindicatos

Nesta terça-feira, dirigentes sindicais dos 23 sindicatos filiados à Federação dos Bancários, participaram do Seminário virtual “Nova Visão Sindical”, promovido pela Contec – Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito. O evento contou com programação de debates e palestras e obteve ampla representação bancária, totalizando a presença de 123 participantes, entre eles presidentes, diretores e assessores.

Durante a reunião, os debates abordaram temas como a campanha salarial de 2022; o retorno do trabalho presencial e o agravamento da pandemia; novas tecnologias; a importância da sindicalização e da mobilização da categoria. Já as palestras perduraram em torno da motivação, inovação e carreira de sucesso.

O evento contou com a presença do presidente da Contec, Lourenço Prado; do presidente da FEEB SP/MS, David Zaia; do secretário-geral da FEEB SP/MS, Reginaldo Breda; da presidente do sindicato de Campinas, Ana Stella Alves de Lima; e da assessora da presidência da CONTEC, Ana Paula Guedes.

“Foi muito agregador e importante, o Seminário Nova Visão Sindical da CONTEC para a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul e os Sindicatos filiados, realizado hoje (08). Fiquei muito satisfeito com a participação bastante ativa da base. Registramos mais de 120 participantes simultaneamente”, avaliou o presidente da CONTEC, Lourenço Ferreira do Prado.

Conjuntura política e econômica

Sobre o cenário econômico e político o presidente da Feeb avalia o momento como de incertezas e desafiador.

“A realidade é de incertezas para 2022. Não existe nenhuma ação do governo que possa mudar essa realidade e sim a ausência total de medidas econômicas com projetos articulados com começo, meio e fim. O quadro econômico que temos pela frente é desafiador e fazer campanha salarial com inflação em alta é sempre mais difícil, porque o índice a ser conquistado é maior e a resistência é grande”, comenta.

Para o presidente é fundamental entender as mudanças. “As mudanças continuarão acontecendo e é preciso entender o processo e o cenário político e econômico, para ter criatividade para construir pautas de reivindicações que deem conta de enfrentar as realidades e ao mesmo tempo construir vitórias, manter direitos, criar direitos e pensar o que tem pela frente’, destaca o presidente.

Notícias Relacionadas

Bancários aprovam acordos de trabalho do Santander

97,18% dos funcionários aprovaram o acordo com o banco Bancários do banco Santander de todo o país aprovaram, nesta quinta-feira (22), com 97,18% dos votos, o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) geral dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, o ACT do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e […]

Leia mais

Negociação dos Financiários continua sem avanços

Financeiras apresentam proposta abaixo da expectativa da categoria Representantes dos Financiários e a Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Fenacrefi) se reuniram nesta quinta-feira (22) para dar continuidade às negociações da campanha salarial da categoria. A pauta de reivindicações da categoria, com data-base em 1º de junho, foi entregue no dia 15 […]

Leia mais

Bancários do Santander participam de Assembleia nesta quinta-feira (22/9)

Votação acontece em plataforma eletrônica das 8h às 20h Nesta quinta-feira (22), bancários do Santander de todo o país participam de Assembleias para avaliar o Acordo Coletivo de Trabalho, o Acordo Coletivo de Trabalho sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PPRS) e o Termo de Relações Laborais, todos com validade por dois anos. Os […]

Leia mais

Sindicatos filiados