Sindicatos realizam Dia de Luta em protesto ao Santander

30.11.2021

Práticas adotadas pelo banco como terceirização, redução de remuneração, quebra de direitos e interferência na representação sindical foram protestadas Nesta terça-feira (30), o movimento sindical realizou nas portas e imediações de agências e unidades administrativas do banco Santander o Dia de Luta em protesto pela prática de terceirizações promovidas pelo banco, que tem aberto empresas […]

Práticas adotadas pelo banco como terceirização, redução de remuneração, quebra de direitos e interferência na representação sindical foram protestadas

Nesta terça-feira (30), o movimento sindical realizou nas portas e imediações de agências e unidades administrativas do banco Santander o Dia de Luta em protesto pela prática de terceirizações promovidas pelo banco, que tem aberto empresas para realocar bancários dentro de seu próprio grupo econômico. Como prejuízos, a prática impacta na redução da  remuneração e na quebra dos direitos e da representação sindical do trabalhador.

A mobilização foi definida pela representação dos trabalhadores durante reunião da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Santander. O protesto inclui paralisação, manifestação, reunião nos locais de trabalho e posicionamento nas redes sociais.

Nos últimos meses o banco demitiu inúmeros funcionários com a justificativa de reestruturação. Diante do contexto, o que se tem visto é a contratação de cargos terceirizados para realizar a função dos bancários, porém com valores e direitos reduzidos. Para o movimento sindical, independente do tipo de contratação os direitos do bancários devem ser preservados e a representação sindical da categoria, mantida.

De acordo com a representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Patrícia Bassanin, o ato é importante para levar a informação. “Mesmo que neste momento as contratações estejam ocorrendo nos departamentos é preciso colocar o bancário e a bancária ao par do que está acontecendo e juntos lutarmos para que os direitos do trabalhador não sejam engolidos por um modelo que só é vantajoso para o banco, reduz direitos conquistados há anos como jornada de trabalho, adicional noturno, PLR, vale alimentação, entre outros”, destaca.

Lucros

De acordo com análise do Banco Santander, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatísticas Socioeconômicas – DIEESE, nos nove primeiros meses deste ano, o banco apresentou lucros de R$ 12.467 milhões e crescimento de 29,4% com relação ao ano anterior quando o lucro somou R$ 9.684 milhões. A análise chama a atenção para manutenção do forte crescimento do lucro líquido gerencial do terceiro trimestre de 2021, com variação 29,4% em um ano.

Para os analistas, desde o terceiro trimestre de 2020, o lucro já estava acima dos patamares da pré-pandemia. Já no terceiro trimestre de 2021, o banco conquistou o maior lucro trimestral. Com resultado de R$ 4,4 bilhões e alta de 12,5% em relação ao ano anterior, o banco obteve a sua maior rentabilidade no país.

Notícias Relacionadas

Campanha Salarial: Trabalhadores Reivindicam Melhores Condições de Trabalho e Inclusão

Movimento sindical exige aumento de contratações, cumprimento da cota e garantia de acessibilidade para melhorar condições de trabalho e ascensão profissional de pessoas com deficiência Trabalhadores iniciaram mais uma mesa de negociação da Campanha Nacional nesta quinta-feira (18). Com o tema “Saúde e Condições de Trabalho”, membros do Comando Nacional dos Bancários cobraram da Comissão […]

Leia mais

5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência avança na retomada das discussões e direitos

Letícia Françoso, representante da Feeb SP/MS lidera delegação do Estado de São Paulo na conferência que marcou a retomada das discussões nacionais sobre os direitos das pessoas com deficiência A 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que teve como tema “Cenário Atual e Futuro na Implementação dos Direitos da Pessoa com Deficiência […]

Leia mais

Feeb SP/MS realiza plenária sobre descomissionamento dos caixas do BB

A Federação dos Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso (Feeb SP/MS) realiza na próxima segunda-feira (22/07), uma plenária on-line, às 18h30, para bancários do Banco do Brasil. O objetivo é esclarecer a recente decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em Brasília, que cassou, a liminar que mantinha o […]

Leia mais

Sindicatos filiados